Primeira aeronave da Modern Logistics está quase pronta

Gerald Blake Lee, fundador e presidente da Modern Logistics, vem divulgando em seu Instagram detalhes da primeira aeronave da empresa, um Boeing 737-400F (versão cargueira), que está em fase final de certificação.

Ainda este ano, mais um Boeing 737-400F deve chegar à empresa, e, em 2016, mais três Boeings 737-400F, além de dois ATR-72F devem se juntar à frota da Modern, que pretende ser a maior empresa de transporte de cargas do Brasil.







Brasil terá primeira Universidade do Ar


Parceria entre a primeira e maior universidade do mundo em aviação, Embry-Riddle Aeronautical University (ERAU), e uma das mais reputadas empresas brasileiras de consultoria do setor aéreo, C-FLY Aviation, prevê a criação de um centro educacional no país. O objetivo é atender a demanda de empregos diante do esperado crescimento do mercado no Brasil e na América Latina

A Embry-Riddle e a C-FLY Aviation anunciaram parceria para desenvolver a primeira Universidade do Ar do país. A parceria reúne a instituição norte-americana, reputada globalmente como maior universidade exclusivamente de aviação, com uma das mais importantes empresas brasileiras de consultoria no setor aéreo. O projeto visa formar novos e qualificados profissionais diante da expectativa de crescimento do setor que Brasil e América Latina devem ter nos próximos anos. A projeção aponta alta de 109% no transporte de passageiros e de 58% no de cargas até 2020. Assim, o setor, que atualmente emprega 1,2 milhões de pessoas, poderá necessitar de 660 mil novos trabalhadores para garantir o crescimento sustentável.

Até o final da década, o país deve se consolidar como terceira maior malha aérea do mundo e o setor aeronáutico poderá dobrar a participação no PIB e alcançar R$ 146 bi. Para o presidente da ERAU, Dr. John Watret, a universidade retorna ao país para contribuir novamente com a aviação brasileira por meio do expertise globalmente reconhecido. Por isso, destaca que os estudantes brasileiros terão acesso ao conhecimento em atividades como “regulamentações, segurança, operações e administração que são indispensaveis na aviação para apoiar a conectividade e mobilidade no Brasil”.

A necessidade de formação da mão de obra é ainda mais urgente se somada à expectativa de aposentadoria da grande parte do atual quadro, e de maiores requisitos para admissão.  - tendência mundial que deve se repetir no país. Segundo o presidente da C-FLY, Francisco Lyra, a Universidade do Ar se propõe apoiar a ANAC a modernizar o currículo para o ensino de competências e habilidades alinhadas com o presente. “Na aviação, a tecnologia evolui muito rapidamente. Então, o que se ensina hoje não assegura empregabilidade, pois estamos com o currículo congelado na década de 60”.  O ônus de qualificar foi indevidamente transferido para o empregador.

O centro educacional ainda contará com um Aeroporto-Escola que deverá oferecer estágio prático supervisionado aos estudantes dos cursos a serem ofertados – que também contemplarão áreas relacionadas à gestão como administração de aeroportos e de linhas aéreas. As cidades de Belo Horizonte (MG), São José dos Campos, São Roque e Sorocaba (SP) já demonstram interesse em receber as futuras instalações do projeto.

Saiba mais sobre Embry-Riddle Aeronautical University:https://www.erau.edu/
Saiba mais sobre C-FLY Aviation: http://www.cfly.aero/


Aeroporto Santos Dumont - Conheça seus melhores spotter points.

Onde fotografar aviões no Rio de Janeiro? Montamos um pequeno guia para quem pretende fotografar no aeroporto Santos Dumont, o mais belo aeroporto do Brasil.

O aeroporto Santos Dumont não é simplesmente o aeroporto central da cidade do Rio de Janeiro, é também famoso por estar cercado pelas águas do mar, praticamente como um porta-aviões, o que faz com que muitos o tenham carinhosamente como o 'nosso Saint Marteen'.

Para os plane spotters, (apaixonados por fotografar aviões), o Santos Dumont tem um charme especial, tanto pela paisagem ao seu redor, quanto pela dificuldade de operações no aeroporto, que possui uma pista considerada pequena e cercada pelo oceano em suas duas pontas.

Todo bom spotter precisa, pelo menos uma vez na vida, dedicar um dia para fotografar no SDU, pois, mesmo com a limitação de cias. aéreas e a operação apenas de aviões pequenos e 'narrow bodies', a belíssima aproximação, hora contornando o Pão de Açúcar (quando opera na pista 02), hora passando renta à ponte Rio-Niterói (operando na pista 20), seus pousos e decolagens são um espetáculo a parte, algo que não se vê em nenhum outro aeroporto brasileiro.

Abaixo algumas dicas para quem pretende fotografar no Santos Dumont:

O aeroporto possui três bons pontos de spotter. Abaixo, eles estão identificados com as letras A,B e C.


Ponto A

O ponto A está localizado dentro do terminal, na áreas de desembarque, é o saguão principal do aeroporto, e nele há um enorme vidro onde se tem uma visão de boa parte da pista, porém podem haver veículos da Infraero estacionados do lado de fora, impedindo uma melhor visão da movimentação, assim como, quando o patio da remota está tomado por aeronaves, a vista da pista fica bastante comprometida.


Fotos tiradas do ponto A:





Ponto B

Para chegar ao ponto B, basta sair do terminal a esquerda e seguir sempre pela calçada, contornando todo o aeroporto, até as proximidades da cancela que controla o acesso à cabeceira e Escola Naval.
Este ponto fica localizado do lado de fora do sitio aeroportuário, sendo assim não há restrição quanto a permanência no local.

Por ser uma área pública, evite ficar ostentando a câmera fotográfica, procurando ficar sempre atento a qualquer movimentação suspeita.





Após alguns minutos de caminhada, você avistará uma placa alertando para a área de segurança do aeroporto.



Após esta placa, chega-se ao ponto B (a direita na foto abaixo).

Lembrando que o aeroporto Santos Dumont possui a pista no sentido 02/20, ou seja, é uma pista norte/sul, logo, o ponto B, localizado a oeste da pista, é ideal para fotos no período da tarde, quando o sol já cruzou o eixo da pista.
No período da manhã, fotos neste local ficarão contra a luz.


    Ponto B


    Fotos tiradas neste ponto:



Esta foto foi tirada do ponto B, no final da manhã, assim podemos observar que a luz ainda está contra o avião.

No detalhe, podemos observar também o ponto C, do lado oposto da pista.
* A foto foi tirada no "SDU spotter day", o que nos permite observar uma grande quantidade de spotters no local.



Ponto C

É sem dúvidas o melhor lugar para se fotografar no Santos Dumont.

Após passar o ponto B, você encontrará uma guarita com uma cancela (que permanece fechada durante os pousos e decolagens).
Após passar a cancela, você caminhará contornando a pista até chegar ao ponto C, localizado na guarita que dá acesso à Escola Naval.

Cancela de acesso à cabeceira


Este ponto é excelente, principalmente quanto o aeroporto está operando pela pista 02, pois podemos acompanhar toda aproximação das aeronaves, contornando as montanhas fluminenses, curvando em frente ao Pão de Açúcar, e tocando a pista logo ali na nossa frente.

Cabeceira 02

    Ponto C

Além da fantástica paisagem, este ponto permite que o spotting seja praticado com extrema proximidade da pista.
Quando os aviões decolam pela pista 02, podemos clicá-los a poucos metros de distância, pegando cada detalhe da aeronave.

Para fotos das decolagens, este ponto requer a utilização de uma lente curta.


Fotos tiradas do ponto C

 Decolagem pela pista 02


Pouso pela pista 02




Lembrando que o ponto C está localizado a leste da pista, portanto o melhor horário para a pratica do spotting é no período da manhã, até por volta de meio dia. 


Azul voará para Punta del Este, no Uruguai



A Azul iniciou as vendas para seu mais novo destino internacional, Punta del Este, no Uruguai.

Os voos serão durante a alta temporada de verão, entre 17 de dezembro e 14 de fevereiro.

Ao todo serão quatro voos semanais, dois partindo de Campinas e dois partindo de Porto Alegre, sempre às quintas-feiras e domingos, com voos extras no período das festas de final de ano.


Abaixo, todos os dados referentes aos novos voos:

Voo AD9301
Porto Alegre (aeroporto Salgado Filho) / Punta del Este (aeroporto Maldonado)
Horário: 14h20/16h10
Equipamento: ATR-72 ( 70 lugares ).
Retorno: Voo AD9300
Horário: 11h55/13h50

Voo AD9303
Campinas - Punta del Este
Horário: 15h50 - 18h05
Equipamento: Embraer 195 ( 118 lugares ).
Retorno: Voo AD9302
Horário: 12h30/15h05

Ozires Silva visita estande da Embraer na LABACE

O fundador da Embraer, Ozires Silva, esteve presente no último dia da LABACE, onde foi recebido no estande da Embraer por Marco Tulio Pellegrini, presidente da Embraer Jatos Executivos.

Ozires Silva fez questão de visitar todos os aviões expostos no estande da empresa, entre eles o Legacy 450, Legacy 500 e o Legacy 650.



Coronel da aeronáutica e engenheiro formado pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), Ozires Silva é um ícone da industria aeronáutica brasileira, sendo o responsável por liderar o grupo que, em 1969, criou a Embraer, uma das maiores industrias aerospaciais do mundo, presidindo a empresa até 1986.

Ozires Silva foi um dos responsáveis pelo projeto do avião EMB -110  Bandeirante, desenvolvido entre 1965 e 1968, antes mesmo da criação da Embraer. Em 1971, já a frente da Embraer, deu inicio à produção em série do modelo, que até o termino de sua produção, em 1991, teve 498 unidades vendidas, tanto para uso civil quanto militar.
Ozires deixou a Embraer em 1986, retornando em 1991, onde conduziu o projeto de privatização da empresa, concluído em 1994.
Hoje a Embraer é a terceira maior fabricante de aviões do mundo.

Além da Embraer, Ozires Silva foi presidente da Petrobras, de 1986 a 1989, ministro dos transportes e ministro das comunicações, e, de 2000 a 2002, presidiu a companhia aérea VARIG.








ATR com classe executiva é apresentado na LABACE



Um dos destaques da LABACE 2015 foi o ATR 72-200 configurado com classe executiva, uma novidade na aviação nacional.

O ATR é um avião turboélice muito utilizado em todo o mundo no transporte aéreo regional de passageiros.

No Brasil já voou pela Total e Trip, e, atualmente é operado pela Azul Linhas Aéreas e Passaredo, voando para diversos destinos em todo o território nacional.

A aeronave exposta na LABACE pertence à Star Consultoria Aeronáutica, e opera em parceria com a MAP Linhas Aéreas, com fretamentos diversos, dentre eles para times de futebol e grupos musicais.

O ATR 72 é uma aeronave de 72 lugares, porém o avião exposto na LABACE foi configurado com 40 assentos na classe econômica e 8 assentos na executiva.

Sua executiva foi padronizada com confortáveis poltronas em couro de cor clara, dando um charme a mais. Sua configuração, com 8 assentos, foi composta com dois conjuntos de assentos, frente a frente, separados por uma mesa fixa de cada lado, o que permite pequenas reuniões a bordo, dando uma aparência característica dos jatos executivos.

A ATR aguarda a homologação para operações com duas classes, podendo assim atender a um nicho maior de clientes, com foco no mercado executivo.






Sobre a ATR

A Avions de Transport Régional ou Aerei de Trasporto Regionale (ATR) é uma empresa Italo-Francesa de fabricação de aeronaves formada em 1981 pela Aérospatiale , da França (atualmente AIRBUS) e pela Aeritalia (atualmente Alenia Aeronautica), da Itália.

A fábrica da Alenia Aeronautica fica situada em Pomigliano d'Arco, perto de Nápoles, e é responsável pela fuselagem e empenagem do avião.

As asas do avião são fabricadas pela Airbus Sogerma, em Bordeaux. A montagem final, voos de teste, certificação e entregas, são da responsabilidade da ATR em Toulouse.

Seus principais aviões são o ATR-42 e o ATR-72.






ATR no Brasil






Deixamos aqui nosso agradecimento especial ao Robson Cruz - ATR Brasil, ao Marcos, que nos apresentou a aeronave e à EGOM assessoria de imprensa.





Embraer Legacy 450 recebe a certificação ANAC durante a Labace 2015

Começou hoje em São Paulo, a 12ª edição da Latin American Business Aviation Conference & Exhibition - Labace, a segunda maior feira de aviação executiva do mundo.

Este ano a feira deu uma encolhida, com cerca de 20 aviões a menos que as edições anteriores.

Durante a feira, a Embraer recebeu a certificação da ANAC do jato executivo Legacy 450, e espera, em breve, receber a certificação FAA (Federal Aviation Administration), autoridade aeronáutica dos Estados Unidos, e da EASA (European Aviation Safety Agency), agência responsável pela homologação na Europa.

  Presidente e CEO da Embraer Aviação Executiva, Marco Túlio Pellegrini


Equipe Embraer 




Vídeo do momento em que o presidente da Embraer Jatos Executivos batizou o Legacy 450.



Sobre o Legacy 450

O Legacy 450 é um jato executivo da categoria mid-light com uma cabine de passageiros de 1,83m de altura e de piso plano, sendo a melhor em sua classe. Quatro poltronas totalmente reclináveis podem ser convertidas em dois leitos para repouso completo em uma altitude de cabine de 1.828m (6.000 pés). O sistema opcional de entretenimento a bordo inclui um sistema de vídeo de alta definição, som surround e várias opções de entradas de áudio e vídeo.
Sistemas de comunicação de voz e dados também são opções disponíveis. A cabine de passageiros possui também na entrada um refreshment center (armário para armazenamento de bebidas, alimentos e outros utensílios), um lavabo privativo ao fundo e uma área interna para bagagem de mão. O espaço total para bagagem é o maior na categoria.





O Legacy 450 é equipado com dois modernos motores Honeywell HTF 7500E, de baio consumo de combustível. Com quatro passageiros e reservas NBAA IFR, o Legacy 450 é capaz de voar sem escalas, de São Paulo a Bogotá (Colômbia) ou de Manaus a Miami (EUA).



Agradecimento especial a todos da EGOM assessoria de imprensa.

Surge a LATAM, a maior cia. aérea da América Latina

Em um evento realizado nesta manhã, no Memorial da América Latina, em São Paulo, foi apresentada a identidade da nova empresa aérea, fruto da fusão da brasileira Tam com a chilena Lan, e suas filiais.

O evento contou com a presença de Claudia Sender, presidente da TAM, Mauricio Amaro, chairman - grupo LATAM, Enrique Cueto - CEO LATAM Airlines e Jerome Cadier - CMO grupo LATAM.

A nova empresa, composta pela Lan Airlines, e suas filiais no Perú, Argentina, Colombia e Equador; e Tam Linhas Aéreas, Tam Mercosur (Tam Paraguay), e as companhias aéreas cargueiras do grupo (Lan Cargo, ABSA e Mas Air) passa a ter uma marca única, e recebe o nome de LATAM, além de uma nova identidade, criada a partir das cores dos dois maiores grupos sulamericanos, Lan e Tam.

Novo Logo LATAM




Com relação à nova imagem, Jerome Cadier, VP de Marketing do Grupo LATAM, destaca que o logotipo foi inspirado na identidade e no legado da região, incorporando o que há de melhor na LAN e na TAM. Por isso, escolheram como cores principais o índigo LATAM e o coral LATAM. A primeira representa o melhor dos dois mundos, já que se encontra entre o vermelho e o azul, que são as cores corporativas da TAM e da LAN, e a segunda simboliza a energia e a paixão, valores essenciais da nova marca. Essas duas cores são acompanhadas por outras secundárias, que dão vida à diversidade daquilo que significa a América Latina.




Pintura das aeronaves
O grupo LATAM estima em US$ 40 mi, o valor para a total implementação da nova identidade, considerando a pintura das novas aeronaves, identidade das lojas e aeroportos e uniformes.
A primeira aeronave com a nova pintura deve ser apresentada no primeiro semestre de 2016, e conforme as aeronaves com a pintura atual forem parando para manutenção, receberão a nova pintura.

Foto oficial


Números LATAM



Azul divulga imagens do novo interior dos A330

A Azul divulgou hoje algumas imagens do novo interior de seus Airbus A330.

Os recém adquiridos A330 da Azul estão sendo modernizados, recebendo um interior completamente reformulado, com monitores individuais, novos revestimentos em seus assentos, além da reformulação nas classes econômica e executiva.

Hoje, a Azul voa de Campinas para Orlando e Fort Lauderdale, ambas na Flórida, e em breve iniciará seus voos de São Paulo - aeroporto de Guarulhos, para Orlando.








Imagens: Divulgação Azul