Viracopos inicia 2019 com crescimento de 9,61% de passageiros e mantém tendência de alta

Este é o sétimo mês consecutivo de avanço na movimentação de pessoas no aeroporto de Campinas


O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), registrou alta de 9,61% na movimentação de passageiros no mês de janeiro em relação ao mesmo período do ano passado. Esta é o sétimo mês consecutivo de alta apresentada no terminal.

Embarcaram ou desembarcaram no primeiro mês deste ano 890.468 pessoas, uma média de quase 29 mil pessoas por dia. Já em janeiro de 2018, passaram por Viracopos 812.402.

Desde julho do ano passado, Viracopos tem apresentado altas seguidas na movimentação de passageiros. O aeroporto fechou o ano de 2018 com um total 9,22 milhões de passageiros.

Se considerados apenas as movimentações internacionais, a alta em janeiro de 2019 chegou a 28,43% em relação a janeiro de 2018, com um total de 80.015 passageiros que embarcaram ou desembarcaram em viagens para o exterior pelo terminal. Já no primeiro mês de 2018 foram 62.303 pessoas.

Esta movimentação para o exterior por Viracopos também mantém a tendência apresentada ao longo do ano passado. Em 2018, Viracopos apresentou recorde histórico na movimentação de passageiros em embarque e desembarques internacionais, com crescimento de 23,58% no acumulado do ano em relação a 2017.

Viajaram em 2018 em voos internacionais pelo terminal de Viracopos 673.916 passageiros, ante 545.323 do mesmo período de 2017. O recorde anterior de movimentação de passageiros internacionais havia sido registrado em 2015, com 646.125 passageiros.

Hoje, Viracopos tem voos internacionais para Orlando (EUA), Fort Lauderdale (EUA), Lisboa (POR), Paris (FRA) e Buenos Aires (ARG), sendo este último iniciado no dia 11 de janeiro. Em junho deste ano serão inaugurados os voos diretos para Porto (POR) e Bariloche (ARG).

A concessionária Aeroportos Brasil Viracopos mantém negociações para ampliar os destinos internacionais, tanto para passageiros quanto para o transporte de cargas.

Aeronaves
Viracopos também registrou o aumento de aeronaves que pousaram ou decolaram neste primeiro mês de 2019. Esse aumento foi de 8,87%, sendo 9.748 pousos e decolagens no mês passado ante 8.954 de janeiro de 2018.

Melhor do Brasil
Viracopos foi eleito o Melhor Aeroporto do Brasil em 2018 nas pesquisas de satisfação de passageiros realizadas pela Secretaria de Aviação Civil (SAC). O anúncio do título "Aeroporto + Brasil” foi realizado na última quarta-feira (13/02), em Brasília.

No total das quatro pesquisas trimestrais realizadas ao longo de 2018, foram ouvidas 81.094 pessoas nos 20 principais aeroportos do Brasil. Juntos, estes 20 aeroportos são responsáveis por 87% do fluxo de passageiros no país. Somadas as notas de todos os meses de 2018, Viracopos ficou em primeiro lugar.

Viracopos recebeu o título de melhor terminal aéreo do Brasil por vencer três dos quatro trimestres de 2018 na pesquisa da SAC e ficou com a nota média anual de 4,71, em uma escala que vai de 1 a 5.

Se considerados todos os 24 trimestres desde o início da pesquisa, em 2013, Viracopos já venceu um total de 10 vezes, sendo eles: 3º trimestre de 2013; 4º trimestre de 2013; 4º trimestre de 2014; 1º trimestre de 2015; 1º trimestre de 2016; 2º trimestre de 2017; 3º trimestre de 2017; 1º trimestre de 2018; 3º trimestre de 2018 e 4º trimestre de 2018.

LATAM Airlines participa pela primeira vez de feira de turismo em Tel Aviv

Durante a IMTM (International Mediterranean Tourism Market), a companhia se destaca com rota lançada em dezembro de 2018, única a conectar diretamente América Latina a Israel

O Grupo LATAM Airlines fez sua estreia na maior feira profissional de turismo de Israel, em Tel Aviv, a IMTM (International Mediterranean Tourism Market). Entre os dias 12 e 13 de fevereiro, a companhia destacou sua presença mundial com conexões para diversos países, incluindo sua nova rota para Tel Aviv, lançada em dezembro de 2018, única a conectar sem escalas a América Latina a Israel.
 
Da esquerda para a direita: João Murias, Gerente Comercial do Grupo LATAM Airlines para Alemanha, Itália e Israel; Cristobal Muñoz, Gerente Comercial, de Imprensa e Influenciadores da Sernatur; e Alisson Braga, Assessor da Diretoria de Inteligência Competitiva e Promoção Turística da Embratur
 
A feira reuniu diversas companhias aéreas, operadoras de turismo e hotéis, que buscam promover seus serviços e estreitar relacionamento junto ao país do mediterrâneo. Para esta edição, a LATAM convidou dois importantes órgãos de turismo do Brasil e do Chile (Embratur e Sernatur) para seu stand no evento. O objetivo das empresas foi expor as marcas ao mundo e reforçar toda a conectividade oferecida aos viajantes, fomentando cada vez mais o turismo.

“Ficamos muito felizes em participar desta feira pela primeira vez, após o recente lançamento do voo de Tel Aviv. Acreditamos muito no potencial do mercado israelense e, por sermos a maior companhia aérea da América Latina, queremos não só levar passageiros para Israel, mas também estimular os turistas do país a conhecer destinos no continente latino-americano”, afirma João Murias, Gerente Comercial do Grupo LATAM Airlines para Alemanha, Itália e Israel.

LATAM Airlines Brasil recomenda atenção por conta do fim do horário de verão

Devido ao término do horário brasileiro de verão neste fim de semana, a partir de zero hora de domingo (17) a LATAM Airlines Brasil recomenda aos seus passageiros de voos domésticos e internacionais que fiquem atentos aos horários de seus voos.


A volta dos relógios ao horário normal impactará a malha aérea do Norte e do Nordeste do país, nos estados que não adotaram o horário de verão, em vigor desde o dia 04 de novembro de 2018.

Os bilhetes da LATAM para todos os voos domésticos e internacionais operados após a zero hora deste domingo (17) já foram processados e emitidos pela companhia com os horários corretos de embarque e desembarque.

A LATAM recomenda que os passageiros confiram seus bilhetes e, em caso de dúvida, consultem informações do voo no site www.latam.com.

Viracopos é eleito pelos passageiros o Melhor Aeroporto do Brasil em 2018

Terminal venceu 3 dos 4 trimestres da pesquisa da SAC no ano passado; no total foram 10 trimestres vencidos desde 2013


O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), foi eleito o Melhor Aeroporto do Brasil em 2018 nas pesquisas de satisfação de passageiros realizadas pela Secretaria de Aviação Civil (SAC). O anúncio do título "Aeroporto + Brasil” foi realizado nesta quarta-feira (13/02), em Brasília.

No total das quatro pesquisas trimestrais realizadas ao longo de 2018, foram ouvidas 81.094 pessoas nos 20 principais aeroportos do Brasil. Juntos, estes 20 aeroportos são responsáveis por 87% do fluxo de passageiros no país. Somadas as notas de todos os meses de 2018, Viracopos ficou em primeiro lugar.

Viracopos recebeu o título de melhor terminal aéreo do Brasil por vencer três dos quatro trimestres de 2018 na pesquisa da SAC e ficou com a nota média anual de 4,71, em uma escala que vai de 1 a 5.

Se considerados todos os 24 trimestres desde o início da pesquisa, em 2013, Viracopos já venceu um total de 10 vezes, sendo eles: 3º trimestre de 2013; 4º trimestre de 2013; 4º trimestre de 2014; 1º trimestre de 2015; 1º trimestre de 2016; 2º trimestre de 2017; 3º trimestre de 2017; 1º trimestre de 2018; 3º trimestre de 2018 e 4º trimestre de 2018.

Na pesquisa são avaliadas as experiências dos passageiros em diversos itens de infraestrutura, atendimento, serviços, além do desempenho de processos aeroportuários como check-in, inspeção de segurança, restituição de bagagem, entre outros.

Além do reconhecimento de Melhor Aeroporto do Brasil, o terminal também venceu o prêmio de Raio-X mais eficiente do país.

4º Trimestre


Já o 4º trimestre de 2018 foi vencido também Viracopos com a nota 4,80, em uma escala que vai de 1 a 5. A média geral dos 20 aeroportos brasileiros no último trimestre do ano passado foi de 4,39.

Essa nota de 4,80 foi a segunda maior para um aeroporto desde o início da pesquisa, sendo que maior nota foi também de Viracopos, com 4,90, obtida no 2º trimestre de 2017.

Neste último trimestre de 2018, o estudo entrevistou 19.890 passageiros no embarque e no desembarque dos 20 principais aeroportos do Brasil nos meses de outubro, novembro e dezembro de 2018.

O diretor-presidente de Viracopos, Gustavo Müssnich, considera que esta avaliação reflete os esforços da equipe em busca da excelência nos serviços prestados no aeroporto. “Sem dúvida esse título inédito de Melhor Aeroporto do Brasil no ano de 2018 na Pesquisa de Satisfação da SAC mostra que o foco na qualidade dos serviços prestados tem sempre o reconhecimento dos clientes e passageiros”, disse ele.

“Em abril do ano passado também conquistamos o título de Melhor Aeroporto de Carga do Mundo, na categoria até 400 mil toneladas/ano. Estes prêmios demonstram que Viracopos se empenha em melhorar cada vez mais os serviços oferecidos aos clientes dos dois terminais”, concluiu o diretor-presidente de Viracopos.

“A política de análise da pesquisa de passageiros é a principal ferramenta da concessionária Aeroportos Brasil Viracopos na gestão empresarial da qualidade de serviços. Os clientes são o foco das nossas atenções”, destacou o diretor de Operações de Viracopos, Marcelo Mota.

Metodologia utilizada


A pesquisa dos indicadores aeroportuários de percepção dos passageiros nos aeroportos é coordenada por equipe técnica da SAC, com o apoio do Comitê Técnico de Desempenho Operacional (CTDO) da CONAERO.

A coleta de dados qualitativos consiste na realização de entrevista presencial, por meio de questionário padrão, com os passageiros no embarque e desembarque dos 20 principais aeroportos do país. As perguntas formuladas no questionário contemplam os indicadores como conforto, segurança, serviços e facilidades oferecidos, entre outros.

Ao fim do questionário, o entrevistado ainda avalia sua satisfação geral com o aeroporto, também atribuindo nota de 1 a 5.

Viracopos


O Novo Terminal de Passageiros de Viracopos passou a operar com uma capacidade para atender 25 milhões de passageiros/ano, em um terminal moderno, que oferece ainda mais conforto e segurança a seus clientes.

O novo terminal tem 72 posições de check-in compartilhado de última geração, além de totens de autoatendimento. O aeroporto possui 28 pontes de embarque e as novas instalações têm 178 mil m² de área construída, sendo que o antigo terminal (T0) possuía uma área de 28 mil m². Além disso, Viracopos ganhou um edifício-garagem com capacidade para 4.000 veículos, novas vias de acesso e 3 novos pátios de aeronaves.

Confira os relatórios das pesquisas no site da SAC: http://www.aviacao.gov.br/

*Nota correspondente a média anual


LATAM Cargo transporta mais de 9.000 toneladas de flores para o dia de São Valentim

Colômbia e Equador são os principais produtores e suas flores chegaram nos Estados Unidos, Holanda e China, entre outros destinos


Mais de 140 aeronaves cargueiras da LATAM Cargo (modelo B767-300F) decolaram da Colômbia e do Equador para transportar flores ao mundo e dar vida à temporada de 2019 de São Valentim, o dia dos namorados em diversos países do mundo e época do ano que, juntamente com o dia das Mães, atinge picos nas exportações de flores. Rosas vermelhas, buquês mistos, cravos, pompons, lírios, gipsofilas e folhagens foram os protagonistas da temporada que começou na semana de 14 de janeiro e terminou no dia 8 de fevereiro, com mais de 9.000 toneladas de flores transportadas.


Transporte de flores na LATAM Cargo

Durante as quatro semanas que antecederam o Dia de São Valentim, a LATAM Cargo transportou flores a partir da Colômbia, especificamente de Bogotá e Medellín, e de Quito, no Equador, para a América do Norte, Europa, Ásia, América do Sul e Oceania, conectividade viável graças aos mais de 140 destinos que compõem a rede da LATAM Cargo e que permite conectar a América Latina ao mundo.

Para atender as necessidades de seus clientes, a LATAM Cargo, empresa líder no transporte de carga aérea para e a partir da América Latina, aumentou a frequência de viagens de cargas na Colômbia de 12 (seis de Bogotá, seis de Medellín) para 23 voos durante a semana com a maior demanda. O mesmo ocorreu no Equador, passando de 10 voos de carga para 31 frequências na semana de pico. Durante o processo, a operação foi 2.4 vezes maior que em uma semana regular, transportando um total de 4.180 toneladas de flores da Colômbia e 4.920 toneladas do Equador.

O principal país consumidor de flores da temporada foram os Estados Unidos, com especial relevância para a cidade de Miami, recebendo 8.050 toneladas, equivalentes a 88% das flores transportadas pela LATAM Cargo durante o Dia de São Valentim, quase o dobro do período normal. Miami é um dos centros de distribuição mais importantes do mundo, que é a base das operações de carga do Grupo LATAM Airlines.

Na sequência, Amsterdã também foi um grande consumidor na temporada, com 500 toneladas (6%). Na sequência, em menor escala, Hong Kong, Xangai e Pequim (China), Madrid (Espanha) e Paris (França). As flores também foram transportadas para Nova York (EUA), Santiago (Chile) e Nova Zelândia, entre outros destinos.

“Tanto a comemoração do dia de São Valentim quanto do dia das Mães são picos sazonais nos quais a LATAM Cargo mostra sua liderança na América Latina, executando com sucesso uma operação altamente complexa. Temos a expertise para aumentar frequências e atender as necessidades de nossos clientes. Somos ágeis e rigorosos na operação e mesmo antes do aumento da demanda, sabemos como proteger as propriedades das flores, seu frescor e qualidade. É assim que contribuímos para o posicionamento da Colômbia e do Equador como países produtores de flores em todo o mundo ", afirma Felipe Caballero, diretor comercial da América do Sul, América do Norte e Central da LATAM Cargo.

Modelo low cost da SKY permite aos passageiros planejar a própria viagem

As tarifas Zero, Plus e Full foram criadas para satisfazer as necessidades de cada cliente; escolher a tarifa adequada é a melhor forma de economizar no valor da passagem 


A companhia aérea chilena SKY, reconhecida em 2018 como a melhor low cost da América do Sul, chegou ao mercado brasileiro no fim do ano passado com o objetivo de democratizar os céus e coloca à disposição dos passageiros três tipos diferentes de tarifas -Zero, Plus e Full - para que cada cliente escolha de acordo com as próprias necessidades.
Assim, a tarifa Zero - que inclui uma bagagem de mão e escolha aleatória do assento - se tornou uma porta de acesso para todos aqueles que antes não podiam viajar para o exterior por causa do alto valor das passagens, uma vez que é a mais econômica e em períodos promocionais o seu valor é o mais acessível.

Já na Tarifa Plus, a intermediária, uma bagagem de mão, uma mala despachada e a escolha do assento já estão incluídos. A Tarifa Full é a mais completa, e inclui uma bagagem de mão, duas malas despachadas, assento preferencial reservado, possibilidade de fazer uma alteração no voo, embarque e check-in preferenciais.

“O objetivo destas três tarifas é fazer com que o passageiro possa escolher a mais conveniente, de acordo com os serviços que necessita. Por exemplo, a tarifa Zero é para pessoas em viagens curtas e simples, a Plus para os passageiros com mais bagagens e a Full para aqueles que não só têm mais malas como também querem voar com a comodidade de um assento e check-in preferenciais”, destaca o gerente de vendas regional de SKY, Jaime Fernández.

Além disso, a companhia aérea também oferece outros serviços adicionais, como a venda de alimentação a bordo, despacho de mala e reserva de assento.

Atualmente, a SKY oferece seis voos semanais para o Rio de Janeiro, de quarta a segunda-feira, com tarifas a partir de US$ 67. Florianópolis opera às terças, quintas, sábados e domingos, a partir de US$ 57 e a São Paulo tem cinco frequências semanais a partir de US$ 57. Valores por trecho e sem taxas de embarque incluídas.

LATAM Fidelidade implementa nova categoria

Categoria Gold Plus dá aos clientes acesso a cupons de upgrade de cabine, check in e embarques antecipados, adiantamento e postergação de voos gratuitos em viagens marcadas para o mesmo dia


O LATAM Fidelidade está implementando a sua mais nova categoria elite, o Gold Plus. Trata-se de uma categoria intermediária entre oGold e o Platinum e que vai reconhecer os clientes Gold que têm um perfil de voos superior ao da maioria de sua categoria e, ainda assim, inferior para se qualificar como Platinum. Para se tornar um Gold Plus, que tem como correspondente à Ruby na aliança oneworld, o cliente deve alcançar de 18 mil pontos qualificáveis, dos quais 14.400 têm de ser pontos qualificáveis voados pela companhia.

“Entendemos que existia uma parcela de clientes que não alcançavam a pontuação
para o Platinum mas que, mesmo assim, tinha perfil de usuário que deveria ser
reconhecido para além dos benefícios disponíveis na categoria Gold. Neste contexto,
desenvolvemos o Gold Plus”, diz Marcelo Dezem, diretor do LATAM Fidelidade. Além
dos benefícios clássicos e exclusivos do programa, como a malha que mais conecta
na América do Sul, resgate irrestrito de assentos, upgrade cortesia e acesso às mais
importantes salas Vip do mundo, os clientes ainda têm à disposição uma série de
serviços adicionais gratuitos”, completa.

A implementação da nova categoria está em linha com a estratégia do Grupo LATAM
que, em 2018, iniciou uma série de avanços da empresa que reforçam o
posicionamento para o cliente corporativo e aquele que viaja a lazer. A ação mais
relevante é o processo de remodelagem de cabine que será realizado tanto nas
aeronaves de longo alcance quanto aquelas que operam os voos domésticos da
companhia, além da implementação dos Assentos LATAM+, o LATAM Play e o Wi-Fi a
bordo que, aliado à melhor conectividade de malha aérea da América do Sul,
compõem um mix robusto de atributos e que fazem com que a LATAM se destaque no
mercado.

Benefícios

Entre os benefícios, clientes que estiverem nesta categoria têm uma série de
experiências no aeroporto em voos nacionais, como check-in e embarque prioritário,
antecipação e postergação de voo com prazo de um dia, além de franquia de uma
mala adicional e o desconto de 50% nos valores para a seleção de poltrona e Assento
LATAM+. O Gold Plus também permite que o cliente tenha dois cupons de upgrade de
cabine cortesia por ano para as viagens internacionais.

Em relação ao acúmulo, em voos nacionais, o multiplicador da categoria Gold Plus é
de 5 pontos e, dessa forma, a quantidade de pontos Multiplus acumulado é o resultado
do valor da passagem (descontados taxas, impostos e serviços adicionais) versus este
índice. Em viagens internacionais e voos nacionais em outros países, o multiplicador
da categoria é 9 pontos por dólar gasto no bilhete (descontados taxas, impostos e
serviços adicionais). Na prática, isso significa que o cliente acumula 5 pontos por real
gasto, 100% mais que a categoria inicial, a Latam. Em voos internacionais, os
passageiros acumulam 9 pontos por dólar gasto, 80% mais que a categoria Latam.