Presença da Tailândia é um dos pontos altos da SPFW


Na tarde do último dia 23 de abril, durante a São Paulo Fashion Week, a inauguração da Thai House no recinto do evento mostrou a sintonia fina entre Turismo, Moda e Cultura. Na oportunidade, a Autoridade de Turismo da Tailândia no Brasil recebeu mais de 70 jornalistas brasileiros, em um ambiente despojado, cativante e significativo – onde a alma do povo tailandês se fez presente nos mínimos detalhes.

A recepção contou com a oferta de mimos da cultura tailandesa – guirlandas de flores perfumadas e cachecóis em tecidos de rara beleza. Foram servidas comidinhas típicas daquele país, além de cervejas da indústria Thai. Baseado na frase “Open to the new shades” (“Abra-se para novos tons”), tema da campanha da Autoridade de Turismo da Tailândia. Foi apresentado um vídeo emocionante e didático, que mostra a força da diversidade para se promover o entendimento e a conquista de novos valores. Espetáculo de dança típica e presença de profissionais da famosa ‘massagem tailandesa’ também compuseram a recepção aos jornalistas.

Entre os presentes, o Sr. Surasak Suparat, embaixador da Tailândia para o Brasil; e a Sra. Jittima Sukpalin – Diretora Executiva para as Américas da Autoridade de Turismo da Tailândia. O embaixador, na sua apresentação sucinta, destacou que “o governo real da Tailândia atribui grande importância à economia e à indústria criativa. O segmento de design representa 23% de participação no valor nominal total da indústria criativa do nosso país”.

Acrescentou que em setembro passado, a embaixada real da Tailândia, em Brasília, liderou um grupo de estilistas brasileiros em uma viagem de imersão cultural. “O objetivo da visita foi promover o design criativo e a cooperação da economia criativa entre a Tailândia e o Brasil, além de proporcionar a oportunidade para que esses designers experimentassem cultura, estilo, arquitetura, tecido, artesanato, natureza, flores, culinária e outros valores tailandeses”, completa o embaixador.

A Sra. Jittima Sukpalin explicou, em sua fala, que “o Plano de Ação do Turismo da Tailândia para 2018 foi desenvolvido para que a Indústria do Turismo do nosso país continuasse seu crescimento de maneira sustentável, equilibrando economia, sociedade e meio ambiente”. A diretora executiva acrescentou que “apresentamos também nossa nova campanha ‘Open to the New Shades’, que reflete a essência da diversidade que encontramos quando experimentamos uma jornada pela Tailândia”.

O representante da Autoridade de Turismo da Tailândia no Brasil, Jefferson Santos, em entrevista à Rádio e TV Nikkey de São Paulo, falou de sua larga experiência profissional no Sudeste Asiático – ele já fez dezenas de viagens de negócios à Tailândia. “Queremos criar pontes para aproximar o Brasil do Sudeste Asiático e da Ásia como um todo... E a SPFW é uma dessas avenidas muito boas para essa aproximação. Vejam as guirlandas de flores perfumadas, que emanam beleza e bons fluidos... Dos 35 milhões de turistas estrangeiros recebidos pela Tailândia, o fluxo de brasileiros chegou à marca expressiva de quase 80 mil visitantes. Considerando a distância, na comparação com destinos mais próximos, esse resultado é excepcional”, comemora Jefferson.

O executivo acrescenta que “o aumento do fluxo de brasileiros deve-se, fundamentalmente, ao carinho e a hospitalidade do povo tailandês. Temos observado viajantes que vão para o Japão, para a China a aproveitam para dar uma esticada até a Tailândia. Eu acredito que o Turismo é o melhor meio para se promover a cultura e a paz ente os povos. A partir do momento que tomamos contato com o diferente e com a diversidade, aprendemos a entender melhor as pessoas. E percebemos os pontos em comum. Isso quebra barreiras e contribui com o entendimento. O turismo, de longe, contribui com a paz”, conclui Jefferson Santos.

Pesquisa de Satisfação dos passageiros do Ministério dos Transportes elege o Aeroporto de Natal como o melhor da categoria

Terminal potiguar ficou à frente de outros aeroportos do Nordeste avaliados pelo Ministério


O Aeroporto de Natal foi considerado o melhor da categoria, de acordo com pesquisa trimestral aplicada pelo Ministério dos Transportes. O resultado também coloca o Terminal potiguar como o mais bem avaliado do Nordeste.

Na atual pesquisa, foram considerados 20 terminais aeroportuários do Brasil, cinco a mais do que na pesquisa anterior, que encerrou o ano de 2017. Com isso, a categoria com até 5 milhões de passageiros passa a ter novos aeroportos avaliados, passando de três para oito.

Considerado o melhor terminal do grupo, o Aeroporto de Natal teve destaque na velocidade de restituição da primeira bagagem em voos domésticos. Neste quesito, o terminal aéreo administrado pela Inframerica teve o menor tempo médio do país, de 5 minutos. O tempo de restituição da primeira bagagem para voos internacionais também foi satisfatório, com 6 minutos.

Limpeza geral do Aeroporto e dos sanitários, conforto acústico, sensação de segurança nas áreas públicas do aeroporto e qualidade do wi-fi foram os requisitos mais bem avaliados, colocando o Aeroporto de Natal à frente de todos os terminais Nordestinos.

No geral, a nota obtida pelo terminal potiguar foi de 4,56 de 5 pontos possíveis. A pesquisa considerou pontos como a infraestrutura aeroportuária, facilidades ao passageiro, companhias aéreas, órgãos públicos e transporte público.

Aeroporto de Brasília é mais uma vez o melhor da categoria, segundo Ministério dos Transportes

Pesquisa de satisfação dos passageiros é aplicada a cada três meses pela Secretaria de Aviação Civil


Mais uma vez, o Aeroporto de Brasília foi eleito o melhor na categoria dos terminais aéreos brasileiros com mais de 15 milhões de passageiros por ano. A pesquisa aplicada pela Secretaria de Aviação Civil mensurou a satisfação do passageiro nos três primeiros meses deste ano.

Até o quarto trimestre de 2017, o levantamento considerava 15 aeroportos, hoje 20 são avaliados. No ano passado o terminal da capital federal já figurava à frente dos outros três da sua categoria. A Inframerica completa 5 anos na administração do Terminal brasiliense e ao longo destes anos o Aeroporto cresceu, melhorou a qualidade no atendimento e no conforto aos passageiros.

Entre os aeroportos avaliados, o Aeroporto de Brasília aparece com o menor tempo de espera na fila da imigração. A espera média, de acordo com as mais de 1.370 aferições realizadas, foi de 9 minutos. Agilidade é uma característica do Aeroporto de Brasília. O tempo médio de espera na fila do raio-X em Brasília também o foi o menor do país, marcando 2 minutos.

Viracopos é eleito pela 7ª vez o melhor aeroporto do Brasil pelos passageiros

Pesquisa da Secretaria de Aviação Civil ouviu 19.473 pessoas nos 20 principais aeroportos do País no 1º trimestre de 2018


O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), foi eleito pela sétima vez o melhor terminal aéreo do país na pesquisa de satisfação de passageiros realizada pela Secretaria de Aviação Civil (SAC). O estudo entrevistou 19.473 passageiros no embarque e no desembarque dos 20 principais aeroportos do Brasil nos meses de janeiro, fevereiro e março deste ano. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 25/04.

Na satisfação geral dos passageiros, Viracopos atingiu a nota 4,63, em uma escala que vai de 1 a 5. A média geral dos 20 aeroportos foi de 4,30. Até o ano passado, a pesquisa avaliava 15 aeroportos.

Viracopos também foi eleito Melhor Aeroporto do Brasil, na mesma pesquisa, no 4º trimestre de 2013, 4º trimestre de 2014, 1º trimestre de 2015, 1º trimestre de 2016, 2º trimestre de 2017 e 3º trimestre de 2017.

A SAC realiza a “Pesquisa de Satisfação do Passageiro” desde 2013. São avaliadas as experiências dos passageiros em diversos itens de infraestrutura, atendimento, serviços, além do desempenho de processos aeroportuários como check-in, inspeção de segurança, restituição de bagagem, entre outros.

O diretor-presidente de Viracopos, Gustavo Müssnich, considera que esta avaliação reflete os esforços da equipe em busca da excelência nos serviços prestados no aeroporto. “Esta é a sétima vez que Viracopos conquista este importante reconhecimento. Recentemente também conquistamos o título de Melhor Aeroporto de Carga do Mundo, na categoria até 400 mil toneladas/ano. Estes prêmios demonstram que Viracopos se empenha em melhorar cada vez mais os serviços oferecidos aos clientes”, disse o diretor-presidente do aeroporto.

“A política de análise da pesquisa de passageiros é a principal ferramenta de Viracopos na gestão empresarial da qualidade de serviços. O passageiro é o foco das nossas atenções”, concluiu o diretor de Operações de Viracopos, Marcelo Mota.

Metodologia utilizada

A pesquisa dos indicadores aeroportuários de percepção dos passageiros nos aeroportos é coordenada por equipe técnica da SAC, com o apoio do Comitê Técnico de Desempenho Operacional (CTDO) da CONAERO e da Praxian Consultoria Ltda., empresa contratada pela SAC/PR mediante licitação pública, para a coleta de dados.

A coleta de dados qualitativos consiste na realização de entrevista presencial, por meio de questionário padrão, com os passageiros no embarque e desembarque dos 20 principais aeroportos do país. As perguntas formuladas no questionário contemplam os indicadores como conforto, segurança, serviços e facilidades oferecidos, entre outros.

Ao fim do questionário, o entrevistado ainda avalia sua satisfação geral com o aeroporto, também atribuindo nota de 1 a 5.

LATAM ajusta voos em Cuiabá para a segunda fase de obras no aeroporto

Companhia recomenda atenção ao horário de operações na localidade entre 18 e 30 de junho de 2018


A LATAM Airlines Brasil recomenda atenção ao horário dos voos com origem ou destino ao aeroporto de Cuiabá (MT). Entre 18 e 30 de junho de 2018, a pista do aeroporto passará por obras diárias no período da madrugada e, com as intervenções, a companhia precisou cancelar algumas operações programadas para este período, em que estarão cancelados os voos JJ3675 (Cuiabá – Brasília) e JJ3810 (Brasília – Cuiabá).

Com a finalização destas obras na pista do aeroporto de Cuiabá, as operações da LATAM na localidade durante a madrugada estarão normalizadas a partir de 1º de julho de 2018.

A companhia recomenda que os passageiros com viagens programadas no aeroporto neste período utilizem o serviço Status do Voo para verificar a situação das operações.

Conforme anteriormente divulgado, a LATAM também precisou cancelar algumas operações para a primeira fase de obras da pista do aeroporto de Cuiabá. De 7 a 10 de maio de 2018, também já estavam cancelados os voos JJ3675 (Cuiabá – Brasília) e JJ3810 (Brasília – Cuiabá).

Os passageiros que queiram reprogramar a sua viagem podem realizar este procedimento diretamente em latam.com. Também podem optar por entrar em contato com a Central de Vendas, Informações, Fidelidade e Serviços (4002-5700 nas capitais ou 0300-570- 5700 nas demais localidades do Brasil) ou procurar uma loja da companhia.

A LATAM Airlines Brasil reitera que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura.

Aeroporto homenageia Brasília com sinalização à moda candanga

Em comemoração aos 58 anos de Brasília, o Aeroporto da Capital criou uma simpática homenagem à cidade. Para brincar com palavras, paisagens e endereços incomuns para quem mora fora de Brasília, a Inframerica, administradora do Aeroporto, colocou placas de sinalização interna nas salas de embarque e desembarque. Todas elas fazem alusão a locais ou coisas específicas da capital federal, como as tesourinhas, os endereços nas Asas Norte e Sul e até as expressões típicas, como balão, pilotis e outras. As placas ficarão no Terminal até o fim do mês.

“Brasília é diferente de qualquer município brasileiro e, uma das marcas da capital são as placas de sinalização. Resolvemos brincar com esta marca e com as expressões próprias da região. O passageiro poderá ir se ambientando com a cidade já no Aeroporto. Somos a porta de entrada, e nada mais divertido que trabalhar com estes ícones aqui”, conta o diretor de operações Juan Djedjeian.




MODERN Logistics fecha parceria com Harley-Davidson para transporte aéreo de motocicletas produzidas em Manaus para todo Brasil

O objetivo é atender entregas expressas, uma demanda crescente da área de vendas da montadora. A Harley-Davidson planeja gradativamente aumentar o número de motocicletas distribuídas ao longo de 2018 até atingir a meta de entrega em 4 dias, em média, para todas as concessionárias no Brasil dentro dessa modalidade de transporte.


Com o objetivo de viabilizar entregas expressas, a Harley-Davidson fechou com a MODERN Logistics o transporte rodoviário e aéreo, com aeronaves do integrador logístico, de motocicletas da fábrica de Manaus (AM) para todas as 21 concessionárias da montadora em todo o Brasil. Depois da coleta na fábrica, as motocicletas são transportadas até o aeroporto de Manaus para os Aeroportos de Brasília ou Viracopos, em Campinas. A partir destes aeroportos, o transporte até as concessionárias é feito pelo modal rodoviário.

“A Harley avaliou o impacto na qualidade do serviço em atender os Clientes rapidamente e percebeu que existe o potencial em aumentar vendas com um serviço mais ágil”, disse Hudson Reis, Diretor Comercial da MODERN Logistics. O executivo explicou que todo o projeto foi desenvolvido para atender uma demanda crescente da área comercial que é poder oferecer entregas expressas para os clientes, o que só é possível com a conjugação dos modais aéreo e rodoviário.

“Nossos Clientes reconhecem que a entrega rápida e com alta qualidade ajuda a reduzir custos e aumentar vendas” completou Gerald Lee, CEO da Modern. De acordo com Lee, a MODERN Logistics vem se destacando cada vez mais por oferecer uma plataforma logística completa, com soluções sob medida para a necessidade dos clientes.