Rota Santiago-São Paulo de SKY supera as expectativas no primeiro mês de operação

A taxa de ocupação nos primeiros 30 dias foi de 87%. Isso é explicado em parte do potencial turístico do Brasil e do Chile, o primeiro, amor por suas praias e clima; enquanto o segundo atrai apreciadores de vinho e os amantes da natureza


A rota Santiago-São Paulo, oferecida pela SKY, a melhor companhia aérea de baixo custo América do Sul, completa um mês hoje (17.01). Embora a companhia aérea opere no país desde novembro de 2018, a rota para São Paulo foi a última rota a ser implementada e os números são encorajadores, de acordo com relatórios da SKY.

“O Brasil é um mercado com significativo potencial de desenvolvimento para nós, dada a relação entre os dois países. Além disso, o Chile e o Brasil também se reforçam mutuamente do ponto de vista turístico, porque os chilenos gostam das praias do Brasil e os brasileiros, da neve; portanto, esperamos que nossos voos mantenham e até mesmo excedam a taxa de ocupação estimada ", disse o CEO da SKY, Holger Paulmann.

A alta demanda por voos é justificada, já que o Chile é um país atraente para brasileiros não só pela proximidade, mas também por ser um país cheio de história, boa gastronomia e vinhos. Além disso, são as paisagens naturais de norte a sul, como a Cordilheira dos Andes, o Deserto do Atacama e as Torres del Paine, entre outros. Os brasileiros que gostam de vinho, por exemplo, podem, a pouco mais de três horas voo, visitar as vinícolas e experimentar as melhores produções do chamado "Novo Mundo". Para quem prefere esquiar no inverno, o Chile é líder em esportes de neve de inverno reconhecidos a pouco mais de uma hora de Santiago.

"Nosso principal objetivo é democratizar os céus com passagens acessíveis a todos; tornar o transporte aéreo um espaço de inclusão em toda a América do Sul”, disse Paulmann.
As rotas para o Brasil são operadas com a nova frota de aeronaves A320neo, a mais nova e moderna de uma companhia aérea de baixo custo na América do Sul. Estas aeronaves destacam-se por sua eficiência no consumo de combustível, segurança e menor impacto no meio ambiente.

Atualmente, a companhia aérea eleita a melhor low cost da América Latina oferece seis voos semanais para o Rio de Janeiro (todos os dias menos às terças-feiras), a partir de Santiago. Para Florianópolis, são quatro voos semanais (às terças, quintas, sábados e domingos), saindo de Santiago. E para São Paulo, mais cinco, totalizando 15 voos semanais, conectando o Brasil ao Chile.

Associação Brasileira de Aviação Geral repudia ideia de fechar Campo de Marte

Entidade diz que é inaceitável a proposta do Governador João Doria de encerrar as operações do aeroporto, especialmente sob o argumento de trazer insegurança à região. “Campo de Marte é um aeroporto seguro e importantíssimo para a cidade de São Paulo, é o quinto maior aeroporto do país em número de operações, tendo fechado 2018 com 70 mil operações de pouso e decolagem”, disse Flavio Pires, CEO da Abag.



A proposta do governador João Doria de fechar o aeroporto Campo de Marte é inaceitável na visão da ABAG (Associação Brasileira de Aviação Geral), ainda mais sob o argumento de que o aeroporto, o quinto mais importante do país, é inseguro. “Em 12 anos foram 3 fatalidades, 10 anos da aviação causa muito menos mortes do que o trânsito de São Paulo. A aviação é muito segura e o Campo de Marte é fundamental para a cidade de São Paulo”, disse Flavio Pires, CEO da ABAG. A entidade está participando de uma série de ações contra a ideia do governador de fechar o aeroporto, incluindo manifestações, abaixo-assinados e articulações políticas.

Na visão do CEO da ABAG também causa estranheza ver um governador de Estado querer fechar as portas de um aeroporto municipal, gerido por uma autarquia federal que é a Infraero. “A proposta sequer representa a vontade dos moradores da região, que temem muito mais pela exploração imobiliária que pode surgir, o caos que seria provocado no trânsito como uma das consequências do adensamento populacional”, explica Pires, que esteve, juntamente com outras entidades, ouvindo as associações de moradores da região.

O Aeroporto Campo de Marte encerrou o ano de 2018 com 70 mil operações de pousos e decolagens, mas já chegou a 96 mil operações anuais, antes da crise de 2014. É o quinto aeroporto mais importante do Brasil e conecta São Paulo a mais de 900 destinos em todo território nacional. Lembrando que o Brasil tem 5.500 cidades, mas a aviação comercial liga apenas pouco mais de 100 cidades. O restante precisa ser conectado com a aviação geral. O Brasil é dono da segunda maior frota de aeronaves da aviação geral, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. São 15.421 aeronaves (dados de set de 2018), divididas em jatos (770), turboélices (1.326), helicópteros (2.085), anfíbio (40) e aeronaves convencionais (11.200).

“A aviação continua sendo o transporte mais seguro do mundo e o governador sabe disso. O argumento de que Campo de Marte precisa ser fechado por falta segurança é completamente descabido. Em 10 anos da aviação morreu menos gente de acidente aéreo do que em acidentes de trânsito na Avenida 23 de Maio, nem por isso se cogita o fechamento da avenida”, disse Pires.

O Campo de Marte é fundamental para o sistema aeroviário de São Paulo. Todas as grandes cidades contam com um aeroporto central dedicado à aviação geral. Marte é alternativa para Congonhas que hoje dispõe de muito pouco espaço para os aviões de pequeno e médio porte. O usuário de Marte não é o de grandes aeronaves da aviação executiva, é outro perfil, com aeronaves menores, incluindo muitos helicópteros. “Os aeroportos de Jundiaí e de Sorocaba não teriam como absorver estas 70 mil operações/ano, e a alternativa, mencionada pelo governador, o Aeroporto Catarina, que está sendo erguido pela JHFS, estaria um pouco mais distante dos centros empresariais da cidade de São Paulo, do que o aeroporto do Campo de Marte”, explica o CEO ABAG.

Para a entidade é possível fazer usos diferenciados do Campo de Marte sem abrir mão das operações. Ao todo são 2,5 milhões de metros quadrados, daria para fazer um parque e o Museu Aeroespacial, que vem sendo discutido. Sem sacrificar nada. “O potencial de Campo de Marte ainda a ser explorado é enorme, tal logo a economia do país restabelecendo o vigor do setor aéreo e do turismo, com linhas regionais de voos, para cidades como Angra dos Reis, Búzios e o forte interior paulista, e novos usos como os eventos chamados fly-in. Estamos inclusive em negociação para levar para lá a LABACE, segunda maior feira do mundo de aviação executiva, que acontece no mês de agosto em São Paulo”, ressaltou Flavio Pires. No ano passado, com a presença de mais de 100 empresas e 47 aeronaves expostas, a LABACE 2018 recebeu um público de mais de 10 mil visitantes.

A ABAG defende uma solução conciliatória e inclusiva que contemple novos usos e até mudanças na forma de aproximação das aeronaves para permitir a exploração imobiliária diferenciada na região. “Repudiamos veementemente a ideia de fechar qualquer aeroporto no país. Campo de Marte faz parte do novo desenho do DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo) para o futuro da aviação em São Paulo e é isso que falta aos governantes: a visão de futuro. Fechar é rápido, erguer um novo aeroporto leva décadas, sabemos disso.” Mais informações www.abag.org.br

LATAM inaugura voo direto entre Porto Alegre e Santiago

Rota inédita permite rápida conexão para destinos na Oceania e outras regiões

O Grupo LATAM Airlines acaba de inaugurar o voo direto e inédito entre Porto Alegre e Santiago. Ainda ontem (15), a companhia operou os primeiros voos em ambos os trechos da nova rota, que é operada três vezes por semana em aeronaves Airbus A320, com capacidade para 174 passageiros em classe Economy.


Crédito: Divulgação LATAM 
 
Antes da ligação direta, os deslocamentos com conexões entre Porto Alegre e Santiago já contavam com grande fluxo de passageiros, que agora poderão viajar entre as duas cidades em um voo com apenas três horas de duração.
 
A rota inédita Porto Alegre-Santiago permite ao passageiro que sai do Brasil a rápida conexão para destinos na Oceania e outras regiões. O aeroporto de Santiago é um dos principais hubs (centros de conexão) da LATAM, com acesso a destinos no Pacífico como Melbourne, Sydney, Auckland, Papeete e Ilha de Páscoa, além de 124 cidades na América Latina, incluindo as principais metrópoles (Buenos Aires, Lima, Bogotá e Quito, por exemplo) e disputados destinos como Machu Picchu, Torres del Paine, Galápagos e Cartagena das Índias.
 
Passagens aéreas e pacotes de turismo
 
As passagens para a nova rota podem ser adquiridas a partir de R$ 730* (valor para ida e volta, com as taxas inclusas) ou de 24.000** pontos Multiplus (para ida e volta, a incluir taxas). Para quem prefere adquirir o pacote de turismo completo, a LATAM Travel oferece opções em Santiago com 3 noites de hospedagem a partir de R$ 679,14*** por pessoa (valor não inclui o trecho aéreo).
 
Os bilhetes estão disponíveis no site da companhia (latam.com), em agências de viagem ou nas lojas da empresa. Os pacotes LATAM Travel podem ser adquiridos também por meio do site da operadora (latamtravel.com), pelas franquias da rede ou por meio de agências de viagens parceiras.
 
Programação do novo voo 
 
O voo LA744 (Porto Alegre-Santiago) é operado às terças, quintas e sábados. Está programado para decolar do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, às 21h (hora local) e pousar em Santiago às 23h20 (hora local).
 
O voo LA745 (Santiago-Porto Alegre) também é operado às terças, quintas e sábados. Ele está programado para decolar do aeroporto Arturo Merino Benítez, em Santiago, às 15h55 (hora local) e pousar em Porto Alegre às 20h05 (hora local).
 
A partir de 1º de abril de 2019, no entanto, o voo em ambos os trechos passará a ser operado às segundas, quartas e sextas-feiras.
 
Expansão internacional do Grupo LATAM Airlines
 
O Grupo LATAM Airlines está constantemente atento a todas as oportunidades de rotas sustentáveis e segue fortalecendo a sua rede de destinos internacionais para seguir como o grupo de companhias aéreas que mais conecta a América do Sul e a sua região com outras partes do mundo.
 
Em 2018, o Grupo LATAM Airlines começou a operar 27 novas rotas domésticas e internacionais, e inaugurou destinos como Roma (Itália), Lisboa (Portugal), Las Vegas (EUA), Boston (EUA) e Tel Aviv (Israel).
 
Para 2019, inaugurou a rota inédita Porto Alegre-Santiago (Chile) e se prepara para dar início às rotas Lima-Montego Bay (Jamaica), São Paulo-Santa Cruz de la Sierra (Bolívia) e São Paulo-Munique (Alemanha).
 
 
*Valor válido para voos de ida e volta operados pela LATAM Airlines, em classe econômica, sujeitos à disponibilidade de assentos, regras e restrições específicas no perfil de cada tarifa. O valor tem taxas inclusas e vale para saídas de Porto Alegre, em voos de ida e volta sujeitos a disponibilidade da tarifa calculados pelo câmbio de R$ 3,71 de 08/01/2019, prevalecendo, contudo, o câmbio da data da compra. 
 
**Resgates a partir de 12.000 pontos Multiplus, mais taxas, a partir de R$ 112,51, para voos a partir de 16/01/2019, válidos para o trecho de voos internacionais operados pela LATAM, por passageiro e para a cabine econômica. Ofertas válidas para todas as categorias do programa LATAM Fidelidade, e sujeitas à disponibilidade no período da promoção. Mais informações estão disponíveis no site latam.com.
 
***Valor do pacote (somente terrestre) para 3 noites de hospedagem, para uma pessoa em apartamento duplo com café da manhã incluído, transfer in/out e city tour em Santiago. Cotação feita em 09/01/19, considerando câmbio de 3,85, sujeito à alteração. Consulte mais informações em nossa Central de Vendas e Relacionamento e/ou lojas LATAM Travel, assim como saídas em outras datas. Reservas sujeitas à disponibilidade do produto anunciado. Consulte nossa política de financiamento. Os preços em dólar serão convertidos para real pelo câmbio do dia da compra.

Terminal de Carga de Viracopos tem recorde histórico de movimento em 2018

Foram 241,324 toneladas transportadas pelo aeroporto, sendo o maior índice desde o início da concessão


O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), registrou recorde histórico de movimentação de carga por peso em 2018 com crescimento de 18,12% em relação ao ano passado. No total, passaram pelo Terminal de Carga do aeroporto no ano passado 241,324 toneladas, sendo o maior índice desde o início da concessão, em 2013. Em 2017, foram 204,308 toneladas.

Nestes dados estão somados os dados de importação, exportação, cargas domésticas e remessas expressas (courier).

O recorde anterior de movimentação total de carga (por peso), durante a gestão da concessionária, havia sido registrado em 2013, como 241.284 toneladas.
Hoje, o Terminal de Carga corresponde a aproximadamente 70% do faturamento total do aeroporto.

Se consideradas apenas a movimentação de cargas domésticas, também houve recorde histórico com crescimento de 328,95% em 2018 em relação a 2017, sendo movimentadas 14.923 toneladas em 2018 ante 3.479 toneladas.

Importações

Nas importações, a alta de 2018 em relação a 2017 foi de 4,57% com 136.243,00 toneladas que chegaram ao país por meio do Terminal de Carga de Viracopos. Entre os segmentos que mais tramitaram por Viracopos neste período foram tecnologia, transporte duas rodas, metalmecânico e automotivo.

Exportações 

Já as exportações tiveram crescimento de 29,26% em 2018 ante 2017 com um total de 84.160,01 toneladas que deixaram o país pelo Terminal de Carga de Viracopos. Entre os segmentos com maior movimentação estão sapatos/vestuários, perecíveis (frutas e ovos) e automotivo (motores e peças).

Remessas Expressas (Courier)

As remessas expressas também representaram recorde em Viracopos, sendo registrado crescimento de 10,40% em 2018 em relação ao ano de 2017. No total, foram transportadas 6.000 toneladas ante 5.435 do ano de 2017.

Terminal de Carga

Em abril do ano passado, Viracopos foi eleito melhor aeroporto de carga do mundo no Air Cargo Excellence Awards 2018. O anúncio foi feito em Nova York (EUA). A premiação é realizada pela Air Cargo World, uma das principais publicações do setor, e celebra as melhores performances na área de transporte aéreo mundial.
A avaliação é baseada na pesquisa Air Cargo Excellence, que foi criada em 2005 e é divulgada anualmente na Air Cargo World. Aeroportos e companhias aéreas de todo o mundo são reconhecidos de acordo com suas pontuações em vários fatores de desempenho.
Viracopos ficou na primeira colocação mundial na categoria de até 400.000 toneladas por ano. Em 2017, o Terminal de Carga de Viracopos movimentou 204,3 mil toneladas, entre exportação, importação, doméstico e courier (remessas expressas). 

Viracopos prepara operação especial para Natal e Ano Novo e deve receber 366 mil pessoas

Movimento mais intenso deve ser registrado nos dias 21, 23 e 26 de dezembro e 02 e 03 de janeiro


O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP) deve receber ao menos 366 mil passageiros entre os dias 20/12 e 03/01. Uma operação especial foi iniciada no último dia 14 de dezembro para atender aos passageiros durante os feriados de Natal e de Ano Novo.
No mesmo período, estão previstos aproximadamente 3.664 pousos e decolagens no aeroporto.
O dia de maior movimento de passageiros deve ser registrado nesta sexta-feira (21/12) com a expectativa de pelo menos 31 mil pessoas embarcando ou desembarcando por Viracopos. Em dias de semana normais, o movimento chega a 23 mil pessoas/dia.
Além do dia 21/12, outros dias de grande movimento devem ser 23/12 (com 26 mil passageiros), 26/12 (com 27 mil), 02/01 (com 28 mil) e 03/01 (com 27 mil passageiros).  
Operação
A operação especial dos feriados prolongados conta com incremento no número de colaboradores, como atendimento aos passageiros (Posso Ajudar?), segurança, manutenção, limpeza e plantão gerencial. As lojas, cafés, lanchonetes e restaurantes espalhados pelo aeroporto também se preparam para o aumento da demanda previsto para os dias de pico de passageiros.
Entre os destinos mais procurados estão as capitais do Nordeste, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Vitória, cidades do interior de São Paulo, Orlando (EUA), Fort Lauderdale (EUA), Lisboa (POR) e Paris (FRA).
O horário de maior pico de movimento de passageiros amanhã (21/12) deve ser entre 17h e 23h30. Já nos voos dos dias 02/01 e 03/01, o horário de maior movimento de passageiros deve ficar entre 6h e 17h.  
Operação Fim de Ano
Viracopos iniciou no dia 14/12 a Operação Fim de Ano/Feliz 2019 com atrações musicais, reforço no atendimento aos passageiros e distribuição de balas e doces pelo Papai Noel. A operação especial vai até 14 de janeiro.

Entre os dias 14/12 e 14/01, a expectativa é que pelo menos 834 mil pessoas embarquem ou desembarquem pelo Terminal de Passageiros de Viracopos em destinos nacionais e internacionais. No mesmo período são esperados 8.503 pousos e decolagens.

Para ampliar o atendimento diferenciado ao passageiro, no conceito já conhecido como “Posso Ajudar?”, a concessionária Aeroportos Brasil Viracopos preparou um plano de alocação de funcionários da área administrativa para colaborar na prestação de informações nos saguões de embarque e de desembarque.

Música e Papai Noel

Viracopos iniciou no dia 17/12 o projeto musical “VCP in Concert” com uma série de apresentações no embarque e no desembarque de passageiros.

O projeto prevê apresentações de músicos e bandas todos os dias até 14 de janeiro. São convidados músicos independentes, instrumentistas, corais, grupos de conservatórios de música e de escolas de música. Também são incentivados a participar músicos que trabalham no aeroporto.  

Até o Natal, também acontece a distribuição de doces e balas aos passageiros pelo Papai Noel, que circulará pelo saguão do aeroporto nos horários de maior movimento operacional.


A empresa aérea Azul também implantou um Espaço Kids no embarque internacional para o período de alta temporada.  

LATAM Airlines Brasil reduz tarifa em Premium Business para os Estados Unidos

A LATAM Airlines Brasil acaba de lançar nova promoção de passagens aéreas em classe Premium Business para os Estados Unidos com saídas de diversas cidades brasileiras e preços a partir de R$ R$ 4.054,70* (com todas as taxas inclusas). A oferta está em vigor até às 23h59 do dia 24/12/2018, válida para viagens a serem realizadas entre 1º de Fevereiro e 20 de Junho de 2019*.


 
Os bilhetes aéreos em promoção podem ser adquiridos pelo site www.latam.com, lojas LATAM, LATAM Travel e agências de viagem. Nas compras pelo site da LATAM, o valor (com todas as taxas inclusas) pode ser parcelado em até 12 vezes em qualquer cartão de crédito aceito pela companhia.
 

*Valores válidos para viagens de ida e volta em voo internacional operado pela LATAM Airlines Brasil, em classes Premium Business, sujeitos à disponibilidade de assentos, regras e restrições específicas no perfil de cada tarifa, para emissão de passagens até às 23h59min de 24/12/2018. Os preços em dólar (USD) serão convertidos pelo câmbio do dia da compra. Preços divulgados em reais, calculados pelo câmbio de R$ 3,8907 de 19/12/2018. Período válido de viagem: ORIGEM – DESTINO: GRUMIA, GRUJFK, GRUMCO, GRUBOS, GRULAS, GIGMIA, GIGMCO, RECMIA, BELMIA, FORMIA, SSAMIA de 01/02/2019 a 20/06/2019. Promoção válida para todas as cidades do Brasil. Parcelamento em até 12 vezes, sendo até a 4ª parcela sem juros e a partir da 5ª parcela com juros, parcela mínima de R$ 35, válido para todos os cartões de crédito aceitos pela LATAM, de pessoa física e emitidos no Brasil, considerando exclusivamente o valor de tarifa anunciada, não sendo possível o parcelamento da taxa de embarque e de eventual adicional de emissão, condição válida apenas para compras no site LATAM. As informações integrais e detalhadas sobre as regras/restrições das tarifas anunciadas, alteração de datas, reembolso, remarcação, cancelamento, vigência da viagem, descontos para crianças e pontuação no Programa LATAM Fidelidade estão disponíveis para consulta no site www.latam.com, lojas LATAM, LATAM Travel e demais canais de vendas (exceto central telefônica de vendas, LATAM Fidelidade e serviços).

GRU Airport deve receber mais de 2 milhões de pessoas no período de festas Caixa de entrada x

O GRU Airport deve receber mais de 2 milhões de passageiros no período compreendido entre os dias 20 de dezembro e 4 de janeiro, época das festas de fim de ano. A estimativa é das empresas aéreas.


Para os dias que antecedem o Natal, os maiores movimentos estão estimados para os dias 20 e 21 (quinta e sexta-feira), com mais de 130 mil passageiros embarcando e desembarcando. Os três dias subsequentes ao Natal (quarta, 26, quinta, 27 e sexta, 28) também devem receber números similares de viajantes. Este volume de movimento pode ter um leve aumento nos dias seguintes ao feriado de ano-novo (quarta, 2, quinta, 3 e sexta-feira, 4), quando cerca de 140 mil pessoas devem chegar ou partir em voos do GRU Airport.

Se confirmadas as previsões de embarque e desembarque, este número representa um acréscimo de aproximadamente 10% no movimento de passageiros registrado no mesmo período do ano passado.