Aeroporto de Viracopos ganha nova rota internacional a partir de hoje

Será uma operação diária para Assunção, com conexões diretas para outras localidades da América do Sul

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), ganhou uma nova rota internacional a partir de hoje (17/01). A empresa aérea Amaszonas del Paraguay, parte do Grupo Amaszonas, terá um voo diário de Campinas para Assunção, no Paraguai, em um jato Bombardier CRJ 200, com capacidade para 50 lugares.

O voo inaugural chegou hoje à tarde ao Aeroporto de Viracopos com executivos da empresa e convidados, vindos do Paraguai. O primeiro voo de Viracopos para Assunção decola nesta quinta-feira (18/01), às 16h20.

O novo destino interligará Viracopos ao hub da Amaszonas, em Assunção, no Paraguai, onde a empresa oferece dois voos diários para a Cidade del Este (PAR), Buenos Aires-Aeroparque (ARG) e Montevidéu (URU) e três vezes por semana para Salta (ARG) e para Iquique (CHI). A empresa também opera voos diários para Santa Cruz de la Sierra (BOL), onde é possível conectar-se com outros destinos do grupo, como La Paz, Cochabamba, Sucre e Uyuni.

Esta nova rota facilitará a viagem de turistas e empresários de Campinas e de todo o interior de São Paulo para os países vizinhos. Hoje, pela falta de opção de voos diretos, esses passageiros têm que viajar duas horas até o aeroporto mais próximo, na capital paulista.

“Não faz sentido viajar uma hora e meia ou duas horas de carro de Campinas até São Paulo para embarcar para Assunção, Montevidéu ou Buenos Aires, por exemplo, quando uma viagem de avião de Viracopos duraria praticamente o mesmo tempo. Viracopos possui sua própria área de influência, são 3,3 milhões de passageiros em potencial da Região Metropolitana de Campinas e quase 10 milhões de pessoas que vivem num raio de distância de 80km do aeroporto, é uma demanda reprimida significativa”, disse a gerente de Linhas Aéreas de Viracopos, Graziella Delicato.

A recuperação da economia já desperta maior interesse das empresas aéreas pela região, o que ajuda o aeroporto na captação de novos voos e vai de encontro com a estratégia de Viracopos de expansão e fortalecimento da conectividade com a América do Sul. “Estamos abertos a todas as empresas aéreas que queiram voar a partir de Viracopos e oferecemos condições especiais para os destinos ainda não atendidos. Temos em curso outras negociações de destinos para a América do Sul”, completou a gerente.

A nova rota se soma aos demais destinos internacionais de Viracopos, sendo todos diários: Orlando (EUA), Fort Lauderdale (EUA) e Lisboa (POR). Além destes voos, Viracopos negocia para ganhar mais voos para destinos internacionais neste ano.

Com 130 milhões de passageiros, as companhias do Grupo Lufthansa alcançaram um máximo histórico em 2017

Em dezembro, as companhias aéreas do Grupo Lufthansa deram as boas vindas a aproximadamente 9,3 milhões de passageiros. Isso mostrar um aumento de 19,9% se comparado com dezembro do ano anterior. O índice ASK (available seat kilometers) aumentou 14,2% sobre o ano anterior e, ao mesmo tempo, as vendas cresceram 15,9%. A taxa de ocupação aumentou no mesmo ritmo, subindo 1,1 ponto percentual em comparação com dezembro do ano passado, para uma marca de 78,9%. No total, as companhias aéreas do Grupo Lufthansa deram as boas vindas a cerca de 130 milhões de passageiros a bordo de suas aeronaves em 2017 e esse número representa um novo recorde de passageiros. A taxa de ocupação nos 1,1 milhão de voos do ano passado ficou em um nível recorde de 80.9 %


A indicação de rendimento (yield) continuou a se desenvolver positivamente em dezembro. A capacidade de carga aumentou 6,6% em um ano sobre o outro, enquanto as vendas subiram 5,8% em termos de receita tonelada x quilômetro. Como resultado, a taxa de ocupação caiu 0,5 ponto percentual em dezembro. Em geral, a capacidade de carga em 2017 foi 3,3% maior do que no ano anterior. Ao mesmo tempo, as vendas de carga no período cresceram 7,4%, resultando em uma taxa de ocupação 2,7 pontos percentuais melhor do que em 2016.

Companhias aéreas de rede 


As companhias aéreas de rede (Lufthansa German Airlines, SWISS e Austrian Airlines) transportaram 7 milhões de passageiros em dezembro, 7,4% mais do que no ano anterior. Em comparação com o ano passado, o índice ASK (available seat kilometers) aumentou 4,5% em dezembro. O volume de vendas subiu 5,8% sobre o mesmo período, elevando a taxa de ocupação em um ponto percentual para 78,7%. Em 2017, as companhias aéreas de rede do grupo transportaram 97,4 milhões de passageiros, o que representa 6,8% a mais em relação ao ano anterior. Durante este período, a taxa de ocupação nas companhias aéreas de rede aumento 2,1 pontos percentuais para 81,1%.

A Lufthansa German Airlines transportou 4,7 milhões de passageiros em dezembro, uma alta de 7,3% se comparada ao mesmo mês do ano passado. Uma alta de 4,2% na oferta de assentos x quilômetro corresponde a um aumento de 5,1% nas vendas. Além disso, a taxa de ocupação chegou a 79,2%, um total 0,7 pontos percentuais acima do nível do ano anterior. Em 2017, a Lufthansa German Airlines transportou 66,2 milhões de passageiros, 6,1% mais do que no ano anterior. Em 81.6%, a taxa de ocupação foi 2,5 pontos percentuais maior do que em 2016.

Companhias aéreas ponto a ponto


As companhias aéreas ponto a ponto o Grupo Lufthansa – Eurowings (incluindo Germanwings) e Brussels Airlines – transportaram cerca de 2,4 milhões de passageiros em dezembro. Deste total, 2,1 milhões de passageiros estiveram em voos de curta distância e 251.000 em voos de longa distância. Isso leva a um crescimento de 80,3% em comparação com o ano passado. A capacidade em dezembro estava 107,2% acima do nível do ano anterior, enquanto o volume de vendas subiu 113%, resultando em uma alta da taxa de ocupação de 2,2 pontos percentuais para 79.4%.

Nos voos de curta distância, as companhias aéreas ponto a ponto aumentaram a capacidade em 77,7% e subiram o volume de vendas em 90,1%. Isso resultou em um aumento da taxa de ocupação de 5,0 pontos percentuais se comparada com dezembro do ano passado, chegando a 77,0%. A taxa de ocupação para os voos de longa distância caiu 5,7 pontos percentuais para 82,7% durante o mesmo período, seguindo um aumento de capacidade de 170,1% e uma alta nas vendas de 152,8%, em relação ao ano anterior.

As companhias aéreas ponto a ponto transportaram um total de 32,6 milhões de passageiros em 2017, 77,0% a mais do que no ano passado. Em 79.9%, a taxa de ocupação foi 0,3 pontos percentuais maior do que em 2016.

SWISS faz promoção para celebrar a chegada da Boeing 777-300ER a São Paulo e passagens para a Europa variam a partir de US$ 777

A partir de hoje (12.01) é possível comprar passagens para a Europa com a SWISS por valores que variam a partir de US$ 777 ida e volta em classe econômica (mais taxas). A promoção é válida para sete destinos na Europa (Zurique, Amsterdã, Barcelona, Paris, Praga, Roma e Lisboa) e celebra a chegada do Boeing 777-300ER para servir a rota diária entre São Paulo e Zurique, a partir de março. De 8 de fevereiro em diante, a nova aeronave-conceito da SWISS já estará voando para o Brasil em dias alternados, mas de março em diante servirá a rota todos os dias.


A promoção é válida por apenas 7 dias, ou seja, as vendas vão até o próximo dia 18.01, e as reservas podem ser feitas para embarques no período que vai de 9 de fevereiro a 16 de dezembro, exceto o período de alta temporada que vai de 24 de junho a 18 de julho. As passagens podem ser pagas com uma condição especial de parcelamento em sete vezes sem juros através da Central de Atendimento telefônico da SWISS, 11 4700 8910. A promoção inclui também valores especiais para outros destinos na Europa e para embarques na Classe Executiva da SWISS.

As taxas não estão incluídas neste valor e os lugares são sujeitos à disponibilidade. As reservas podem ser feitas nas agências de viagem ou diretamente no site da SWISS (sem parcelamento).

Os passageiros brasileiros vão encontrar muitas novidades a bordo do Boeing 777-300ER da SWISS. Uma delas é o novo sistema de internet wi-fi a bordo, disponível em todas as classes, o SWISS Connect. Todas as cabines foram totalmente remodeladas com novos assentos e serviços. Na Primeira Classe, por exemplo, os passageiros encontrarão uma cabine individual com divisórias ajustáveis para maior privacidade. Equipada com uma tela de 32 polegadas, a maior utilizada atualmente na aviação comercial, para o sistema de entretenimento on-demand, conta ainda com guarda roupas individual, gavetas para objetos pessoais e janelas com persianas automáticas.

As novidades na Business Class incluem assentos remodelados, atendendo ao Feedback dos passageiros, com maior privacidade e liberdade de movimentos. As telas de entretenimento são maiores com resolução HD e contam com um espaço para armazenamento de objetos pessoais.

Na classe econômica, os novos assentos oferecem uma nova tecnologia no estofamento, proporcionando muito mais conforto. Além disso, as telas de entretenimento individual são touch screen em alta resolução e com conexão USB. E durante a noite os passageiros terão à disposição um Self Service Kiosk, com lanches, chocolates, sucos e refrigerante.

O Boeing 777-300ER em comparação com o Airbus 340-300, usado normalmente na rota, representa um aumento de capacidade de 55% por voo e uma economia de 20% no consumo de combustível e emissão de CO2.

No Brasil, a SWISS voa diariamente de São Paulo para Zurique e de lá oferece conexões para toda a Europa, Ásia e Oriente Médio. Mais informações em
www.swiss.com

LATAM apresenta avião oficial que transportará o Papa Francisco pelo Chile e pelo Peru e detalhes do serviço de bordo

Um Airbus modelo A321 com capacidade para 220 passageiros recebeu elementos especialmente desenhados para esta viagem, que vão desde os cabeçotes e almofadas estampadas com o logo do Papa Francisco até uma carta de boas-vindas para todos os passageiros

O transporte será feito em um Airbus A321 com a hashtag de sua visita #ElVueloDeFrancisco (crédito: LATAM/Divulgação)


A apenas 4 dias da chegada do Papa Francisco, a LATAM Airlines apresentou o avião oficial que transportará em sua viagem pelo Chile e pelo Peru. Na cerimônia estava presente o Núncio Apostólico, Ivo Scapolo, o Secretário Geral da Conferência Episcopal, Monseñor Fernando Ramos, o Coordenador Nacional da Visita do Papa ao Chile, Javier Peralta, e o Diretor da Comissão Presidencial, Benito Baranda. Durante o evento, o avião que transportará o Papa Francisco com toda a sua comitiva foi abençoado.

A aeronave, um Airbus A321 com capacidade para 220 passageiros, transportará cerca de 130 passageiros membros da Comitiva Papal, entre eles integrantes da Igreja Católica, equipe oficial do governo, equipes de segurança do Chile e do Vaticano, suporte técnico e equipe de apoio LATAM.

O avião que será destinado ao transporte do Papa pelos céus sul-americanos foi especialmente preparado para recebê-lo com todo sua comitiva. Por fora, leva um adesivo nos dois lados da aeronave com o logo oficial do Papa Francisco e outro com a hashtag de sua visita #ElVueloDeFrancisco. Em seu interior, haverá também cabeçotes e almofadas estampadas com o logo e com o nome de cada um dos passageiros, cartões de boas-vindas e de despedida, cobertores e travesseiros dependendo do tipo de voo, além de uma necessaire com produtos essenciais para a viagem.

“Nossas tripulações e equipes trabalharam arduamente para realizar esta importante missão. Prepararam-se por meses para a logística que viagens como estas requerem e cuidaram de cada detalhe, que vão desde a preparação das aeronaves, coordenação operacional e todo o necessário para oferecer um serviço de bordo de excelência”, destacou Gisela Escobar, vice-presidente de Assuntos Corporativos da LATAM.

O serviço de bordo para todos os trajetos foi desenhado com produtos servidos normalmente em voos da LATAM acima de sete horas e também produtos servidos em voos domésticos no Mercado LATAM. “Seguindo as recomendações do Vaticano de que oferecêssemos o mesmo menu para todos os passageiros, com alimentos simples e fáceis de serem transportados, desenhamos diferentes bandejas de acordo com a duração do voo e seu itinerário, com alimentos frescos típicos da região”, afirma Hugo Pantano, Chef Executivo da LATAM.

Para comemorar a visita do Papa Francisco ao Chile, a LATAM fará uma ação especial e plantará 5 mil árvores nativas na região de Santa Olga, afetada por incêndios em 2017 e mil árvores de tara no Peru, planta medicinal oriunda deste país. A plantação será feita pelos funcionários da companhia em jornadas de trabalho voluntário.

“Queríamos fazer algo que fosse simbólico e que deixasse um legado para o país. A visita não apenas nos deixará uma mensagem de Paz e Esperança tão necessária nos tempos atuais, mas também devolverá vida a uma zona que foi fortemente devastada pelos incêndios”, completa Escobar. A LATAM colocará uma placa na região em homenagem ao Santo Padre e a sua preocupação com o planeta.

Estão programados fechamentos de vias e restrições de acesso aos aeroportos de Santiago e, principalmente, aos terminais de Iquique e Temuco entre os dias 16 e 18 de janeiro. Por isso, a companhia recomenda que os passageiros com viagens programadas para este período que cheguem ao aeroporto ao menos três horas antes do horário previsto para a decolagem no caso de voos domésticos e ao menos quatro horas antes no caso de voos internacionais. 


A LATAM transportará o Sumo Pontífice nas seguintes viagens: 


Quarta-feira, 17 de janeiro: Santiago - Temuco - Santiago
Quinta-feira, 18 de janeiro: Santiago - Iquique - Lima
Sexta-feira, 19 de janeiro: Lima - Puerto Maldonado - Lima
Sábado, 20 de janeiro: Lima - Trujillo - Lima
Domingo, 21 de janeiro: Lima - Roma

Viracopos é o 1º aeroporto do país a obter a certificação ISO 9001:2015 para os dois terminais

O Terminal de Cargas, que foi reconhecido como 2º melhor do mundo em 2017 em sua categoria, já é certificado desde 2013


O Aeroporto Internacional de Viracopos obteve mais uma importante conquista que assegura ainda mais a qualidade da prestação de serviços aos clientes.

Viracopos é o primeiro aeroporto concedido do país a obter a certificação ISO 9001, em sua nova versão 2015, para os dois terminais do complexo aeroportuário: de Carga e de Passageiros.

O aeroporto foi certificado para o escopo: “Gestão da infraestrutura e serviços aeroportuários para a logística de carga e embarque e desembarque de passageiros”.

O Terminal de Cargas já é certificado desde 2013, tendo este ano sua primeira renovação na versão 2015.

A ISO 9001 é um conjunto de normas sobre gestão da qualidade e pode ser aplicada a empresas, produtos e serviços, auxiliando no aumento de sua eficiência e satisfação do cliente.

As normas ISO são avaliadas a cada cinco anos a fim de serem atualizadas e manterem-se relevantes para o mercado.

Para o diretor-presidente de Viracopos, Gustavo Müssnich, essa importante certificação demonstra o empenho de todos os colaboradores do aeroporto. “É importante destacar que estes resultados são fruto de gestão empresarial focada no esforço permanente para melhorar os serviços oferecidos aos nossos clientes”, disse.

“Criamos uma política de análise da pesquisa de passageiros e essa se tornou a principal ferramenta desta evolução na qual o passageiro é o foco das nossas atenções”, concluiu o presidente.

LATAM Airlines Brasil reinaugura voo entre Brasília e Punta Cana

Operação direta com dois voos de ida e volta por semana foi retomada no último sábado (6)


A LATAM Airlines Brasil operou no sábado (6), o voo inaugural entre Brasília (Brasil) e Punta Cana (República Dominicana), retomando de forma regular a rota que a companhia operava até o final de janeiro de 2017. O investimento reflete o foco da LATAM em mercados sustentáveis e beneficia os viajantes brasileiros com destino a um importante polo de lazer no Caribe.

A nova operação para Punta Cana conta com dois voos de ida e volta por semana em aeronave Airbus A319, com capacidade para 144 passageiros em classe Economy. A operação direta tem duração de 6h10 e as passagens aéreas estão disponíveis em latam.com e demais canais de venda.

Aos sábados, o voo JJ8104 decola de Brasília às 15h30 (hora local) para pousar em Punta Cana às 19h40 (hora local). Aos domingos, o voo JJ8002 decola de Brasília às 16h05 (hora local) para pousar em Punta Cana às 20h15 (hora local).

O percurso inverso é realizado pelo voo JJ8105, que decola aos sábados às 23h30 (hora local) para pousar em Brasília no domingo às 7h30 (hora local). Aos domingos, o voo JJ8003 decola às 21h20 (hora local) para pousar em Brasília na segunda-feira às 5h20 (hora local).

Swissport adquire 44 novas esteiras para transporte de bagagem nos aeroportos

Investimento faz parte de um aporte para renovação da frota de equipamentos no Brasil. Oito novas esteiras já chegaram ao Brasil e começarão a ser usadas nos Aeroportos de Congonhas e Galeão



A Swissport deu início a um processo de renovação dos equipamentos de ground handling no Brasil. Um investimento inicial foi feito na compra de 44 novas esteiras para a movimentação de malas. Oito esteiras já desembarcaram no Brasil, vindas da China, e começarão a ser usadas nos Aeroportos de Congonhas, em São Paulo, e Galeão, no Rio de Janeiro. As demais serão distribuídas para outras bases da companhia no Brasil.

Fabricadas pela TLD, as esteiras, ou belt loader, permitem o acesso ao compartimento de bagagem das aeronaves, bastando assim que as malas sejam colocadas na esteira para chegarem até lá. Sem movimentação manual. De baixo custo de manutenção, as esteiras também foram projetadas para garantir o máximo de conforto para quem dirige, e são equipadas com sensores de aproximação da aeronave para maior segurança em solo.

“Estamos buscando o que há de mais moderno, funcional e de baixo nível de emissões para a renovação da frota de equipamentos da Swissport no Brasil”, disse Renata Darakjian, CEO da Swissport. As diretrizes da empresa para 2018 e para os próximos anos focam na inovação e no uso cada vez maior das novas tecnologias.

Grupo LATAM e RB Capital anunciam a construção de hangar de manutenção no aeroporto de Guarulhos

Espaço de 65 mil metros quadrados deve ser inaugurado no segundo semestre de 2018 e estará adaptado para atender toda a frota de aeronaves da LATAM Airlines

O Grupo LATAM Airlines e a RB Capital firmaram acordo para a construção do mais moderno hangar, para a implantação do Centro de Manutenção de Linha no Aeroporto Internacional de Guarulhos. O investimento de R$ 130 milhões será por meio do modelo “build to suit”, no qual o empreendimento é realizado conforme especificações determinadas pela companhia aérea e lastreado por um contrato de locação de 14 anos. As obras estão a cargo da Libercon Engenharia.

O hangar de manutenção está em linha com uma série de medidas adotadas para consolidar as operações da empresa no seu principal hub (centro de conexões) internacional em Guarulhos. “A construção do hangar será um marco que consolidará os nossos esforços em desenvolver uma estrutura que promova ainda mais eficiência nas operações, priorizando a segurança, valor inegociável da companhia“, diz Sergio Novato, diretor sênior de manutenção da LATAM Airlines Brasil.

Com a transação, a RB Capital ultrapassa a cifra de R$1.5 bilhão aportada em operações imobiliárias para atender clientes corporativos, e confirma sua trajetória e credenciais como um dos principais players do setor imobiliário na modalidade “build to suit”. Para Alexandre Rhinow, sócio-diretor da RB Capital e responsável pela divisão de ativos imobiliários “build to suit”, a solução estruturada de financiamento e de construção para atender um cliente como LATAM, deve auxiliar a companhia operacionalmente na GRU Airport. Segundo o executivo ainda, isso mostra que, por meio da inovação e estruturação, é possível viabilizar o investimento e financiamento para construção de ativos fixos para qualquer empresa, em qualquer setor da economia brasileira, por mais complexos que esses possam parecer.

“A Libercon Engenharia tem muito orgulho de ter sido selecionada para a construção do CML da LATAM, após uma concorrência extremamente criteriosa com as maiores construtoras do Brasil e seis meses de estudos para viabilização do empreendimento. É um projeto de engenharia especial e único na América Latina – além de um excepcional vão livre, conta com diversas inovações tecnológicas como uma barreira defletora de empuxo (Jet Blast Deflector) e outra acústica – e marca nosso ingresso no segmento de obras de infraestrutura e aeroportuárias”, afirma Hailton Liberatore, sócio-diretor da empresa.

Durante os três turnos de trabalho, mais de 600 funcionários realizarão as manutenções preventivas dos aviões, que acontecem entre cada voo. As manutenções periódicas previstas nos manuais das fabricantes, que demandam mais tempo e recursos, continuarão a ser feitas no centro de manutenções da companhia em São Carlos, interior de São Paulo. A nova edificação terá capacidade para atender simultaneamente sete aeronaves de dois corredores (wide body), como os Boeing 777, 767 e 787 e o novo modelo Airbus A350 ou até 19 aviões de um único corredor (narrow body) da família Airbus A320 em um espaço de mais de 65 mil metros quadrados.

O Centro de Manutenção de Linha (CML) trará ainda, vários outros benefícios para o Grupo LATAM. Por contar também com oficinas e estoque de componentes aeronáuticos, a logística de suprimentos – e dos próprios itens que devem passar por manutenção – será ainda mais eficiente. “Além disso, aprimoraremos diversos outros processos, como por exemplo, na realização de testes em motores, hoje restritos a determinados horários. Com o novo hangar instalaremos uma barreira acústica que possibilitará realizar tais testes em qualquer momento do dia e da noite sem incomodar a vizinhança do aeroporto”, diz Novato. O executivo ainda lembra que o novo hangar será construído sob uma plataforma sustentável de deve promover a redução do consumo de recursos como água e energia elétrica.

Já as manutenções periódicas e estruturais, que demandam mais tempo e recursos, continuarão a ser feitas no MRO, centro de manutenção da companhia, localizado em São Carlos no interior de São Paulo.

Para o CEO do GRU Airport, Gustavo Figueiredo, “O investimento no hangar, onde serão baseadas as mais modernas aeronaves da LATAM, entre elas o A350, consolida o número de rotas diretas da Latam a partir do GRU Airport, que já é o maior hub da companhia. Além disso, reforça a sinergia entre as empresas que compõem a Aliança Oneworld - acordo de cooperação que envolve 14 companhias aéreas, do qual fazem parte: Qatar Airways, LATAM, British Airways, Iberia, American Airlines, que operam no GRU Airport”.

LATAM Airlines inaugura voo para a Costa Rica

A LATAM ampliará a frequência da rota a partir de março, oferecendo 66.144 assentos durante o ano de 2018

A LATAM Airlines Peru realizou hoje (2) o voo inaugural entre Lima (Peru) e San José (Costa Rica), a primeira vez que o grupo de companhias aéreas operou uma rota para o país da América Central.

A LATAM vai oferecer três voos por semana entre as duas cidades em aeronave Airbus A319, sempre às terças, sextas e domingos. A partir de março, será adicionada uma frequência aos sábados, totalizando quatro voos semanais na rota.

O voo LA2408 decola de Lima às 13h05 (hora local) e chega a San José às 15h55 (hora local), com duração total de 3h50. No sentido inverso, o voo LA2409 decola de San José às 17h15 (hora local) e pousa em Lima às 22h05 (hora local), totalizando uma viagem de 3h50.

Tanto o voo de ida quanto o de volta vão oferecer conexões convenientes para outros voos de e para Santiago, Buenos Aires, Mendoza, São Paulo, Rosário, Salta, Tucumán, Córdoba, La Paz, Antofagasta, Santa Cruz, Montevidéu e Assunção.

"Esta nova rota é uma excelente notícia para o turismo e a conectividade da América Latina, que fortalece a nossa rede única de destinos. A Costa Rica é um destino mundialmente reconhecido por sua natureza e atividades ao ar livre, e nossos passageiros de toda a região poderão acessar este destino com conexões em nosso hub em Lima. Neste ano, seguimos reforçando nossa liderança em conectividade na região e a Costa Rica é a primeira das 24 novas rotas que já anunciamos para 2018, incluindo Boston, Las Vegas, Roma e Lisboa”, afirma Enrique Cueto, CEO do Grupo LATAM Airlines.

Em 2018, a LATAM vai oferecer ao todo 66.144 assentos na rota. O grupo têm passagens aéreas entre São Paulo e San José a partir de R$ 2.567,54 (valor para ida e volta, com taxas inclusas). Mais informações estão disponíveis em latam.com.

Costa Rica
Localizado na América Central, entre o mar do Caribe e o oceano Pacífico, a Costa Rica é um destino de ecoturismo conhecido por sua natureza e biodiversidade, que atrai o interesse de turistas de todo o mundo. Sua capital San José é o centro político, econômico e social mais importante do país e a sua posição central oferece acesso conveniente a diversas atrações como parques nacionais, vulcões e florestas naturais.

Conectividade ampliada
Somente em 2017, a LATAM Airlines lançou 26 novas rotas e já anunciou que vai inaugurar outras 24 este ano, tornando-se a companhia aérea líder da região em conectividade internacional. Destaque para a inauguração da rota para Melbourne, o voo mais longo da história da LATAM, e o anúncio de 4 novas rotas para 2018 com destino a Europa e Estados Unidos por meio de São Paulo: Boston, Las Vegas, Roma e Lisboa. Além disso, também foi anunciado que a companhia planeja voar de Santiago a Tel Aviv (via São Paulo) até o final deste ano.

*Valor para viagem de ida e volta, com taxas inclusas, para voos com saída de São Paulo/Guarulhos e chegada em San José, realizadas em data entre 27/03/2018 e 07/04/2018, e calculado ao câmbio de R$ 3,32 para o dólar.