Polícia Militar de São Paulo compra helicóptero Airbus H135 para resgate aeromédico

 


No dia 23/11, o Comando de Aviação da Polícia Militar do Estado de São Paulo assinou contrato com a Helicópteros do Brasil S/A - Helibras, subsidiária brasileira da Airbus Helicopters, para a compra de uma aeronava de asas rotativas (helicóptero) biturbina, leve, modelo H135, equipada com equipamentos aeromédicos embarcados, no valor de US$ 9.481.000,00 (nove milhões, quatrocentos e oitenta e um mil dólares americanos), correspondente ao valor de R$ 52.942.852,10 (cinquenta e dois milhões, novecentos e quarenta e dois mil, oitocentos e cinquenta e dois reais e dez centavos) (cotação do dólar no dia 22/11/2021), recursos provenientes das multas de trânsito.

O pregão para a compra da aeronave aconteceu em março de 2021 e, devido a apresentação de uma única proposta, feita pela Helibras, foi declarado nulo por falta de concorrentes.

A vencedora do pregão, Helibras, interpôs recurso administrativo, visando reformar tal decisão revogatória, até que o Secretário de Segurança de São Paulo decidiu pela nulidade do ato administrativo revogatório do Pregão Presencial.

O helicóptero deverá contar com kit aeromédico completo para suporte avançado à vida, para 01 (uma) vítima, e instalações/equipamentos para receber uma segunda maca para transporte eventual de uma segunda vítima sem suporte avançado dedicado, e capacidade para, no mínimo, dois pilotos em duplo comando, dois profissionais da saúde (médico e enfermeiro), além de guincho elétrico para operações de salvamento.

A Helicópteros do Brasil S/A - Helibras tem o prazo de 18 meses para a entrega do helicóptero, contados a partir da assinatura do contrato.

O Comando de Aviação da Polícia Militar do Estado de São Paulo conta hoje com 22 helicópteros Esquilos - AS350, além de dois helicópteros biturbina, sendo um H135 (Águia 31) e um Agusta AW109 Grand New (Águia 32).
No próximo ano deverão chegar mais dois Airbus H125 (Esquilos), adquiridos em maio deste ano por meio de inexibilidade de licitação, por padronização da frota, chegando assim a 24 Esquilos na frota.


Imagem: Fabio Lima
Fonte: Diário Oficial do Estado de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário