Avianca realiza voo de despedida do Fokker 100



24 de novembro de 2015 entrou para a histórico da aviação nacional e, em especial para a Avianca Brasil, pois foi o dia de dizer adeus ao Fokker MK-28 (Fokker 100), avião que teve papel fundamental no crescimento da empresa, tornando-a hoje uma da maiores e mais importantes companhias aéreas do país.

O processo de renovação da frota da Avianca Brasil levou dois anos, e hoje, com a aposentadoria dos Fokker 100, a frota passa a ser composta 100% por aeronaves da Airbus.

Somente em 2015, oito novos Airbus A320 chegaram em substituição ao Fokker, consolidando-se como a companhia aérea com os aviões mais novos e com maior espaço entre as poltronas no mercado doméstico brasileiro.

A chegada dos Airbus, além de compor uma frota com o que há de mais moderno em tecnologia, representa para a Avianca Brasil um aumento de 15% na oferta de assentos.

O primeiro Fokker 100 chegou à empresa em 23 de dezembro de 2005, vindo da American Airlines, sua primeira operadora. O MK-28 foi imprescindível para o crescimento da empresa. A Avianca Brasil chegou a operar 16 aeronaves do modelo MK-28.

Os MK-28 da Avianca foram configurados para 100 passageiros, o que permitiu uma maior distância entre as poltronas, proporcionando um enorme conforto a bordo.
Outra curiosidade é que os Fokker 100 da Avianca Brasil não possuem porta traseira, o que torna a aeronave mais silenciosa, proporcionando aos seus clientes uma viagem mais agradável.

PR-OAU no hangar da Target, antes de realizar o último voo

O último voo
O voo de despedida deste guerreiro, com executivos da empresa, imprensa e convidados, decolou de Congonhas às 11h40 da manhã, sobrevoando o litoral paulista, com uma duração aproximada de 45 minutos.
Durante o voo, o sr. José Efromovich, presidente da empresa, se encarregou de fazer o speech (discurso) de segurança, além de passar algumas informações sobre a empresa, e também comandou o brinde com champanhe, servida a todos a bordo.

Executivos da empresa, imprensa e convidados a bordo

Serviço de bordo, champanhe para brindar


José Efromovich fazendo o speech

Após o pouso o avião foi recebido com um jato d`agua pelos bombeiros do aeroporto, e parou na posição remota, onde encerrou oficialmente suas atividades junto à empresa.



Pousando em Congonhas

"Water Cannon Salute" em Congonhas


José Efromovich se despedindo dos passageiros




Queremos deixar o nosso agradecimento à Avianca Brasil e todos os seus colaboradores e a SPMJ Comunicação, em especial à Maria José Arrojo e ao Diogo Cruz, que nos atenderam com muita educação e presteza.


Nenhum comentário:

Postar um comentário