FAA emite alerta para baterias de lítio



Atenção fotógrafos, a A FAA (Federal Aviation Administration) emitiu um alerta sobre o perigo de transportar as baterias de lítio sobressalentes, em bagagens despachadas. As baterias, que são amplamente utilizadas na indústria da fotografia, para câmeras e equipamentos de iluminação, "apresentam o risco de causar incêndios no compartimentos de carga das aeronaves", diz a FAA.

Para reduzir o risco de incêndios, os regulamentos da FAA só permitem que as baterias sobressalentes sejam transportadas dentro da cabine de passageiros, na quantidade aceitável para uso pessoal.

A agência do governo também está pedindo que as companhias aéreas passem a informar os passageiros sobre esta proibição, tanto durante a compra de bilhetes quanto no momento do check-in.

Para baterias sobressalentes de lítio que são transportadas dentro da cabine, a FAA orienta que sejam guardadas isoladas umas das outras, e que tenham seus terminais protegidos, além de mantidos longe de outros objetos metálicos, e há ainda restrições quanto ao tamanho e quantidade de baterias transportadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário