Como é voar na Avianca Colômbia - De São Paulo à San Andrés


Voamos na colombiana Avianca, de São Paulo à ilha de San Andrés, com conexão em Bogotá, e vamos mostrar um pouquinho do que é voar nesta companhia.





Empresa: Avianca Colômbia
Trecho: Guarulhos / Bogotá
Voo: AV248
Equipamento: Airbus A330
Matrícula: N973AV
Classe: Y
Data: Jun/ 2014





A reserva foi feita pelo site da Avianca Internacional, sem maiores dificuldades.
Infelizmente, por ser promocional, não foi permitida a marcação antecipada de assentos.

Nota 7





O check-in online é liberado fielmente 24h antes do voo.
A marcação dos assentos só foi permitida durante o check-in.
Ao acessar a reserva, já haviam lugares pré reservados pela cia, mas optei por mudá-los escolhendo os assentos 7A e C, os primeiros da classe econômica.

Fiz todo o check-in pela internet, exceto a impressão dos cartões de embarque, que preferi pegar no balcão do aeroporto.

Nota 8 - Poderiam disponibilizar o check-in online pelo menos 48 horas antes do voo, como muitas empresas já fazem.





Na data do voo, chegamos com aproximadamente 2 horas de antecedência e fomos ao check-in para emitir os cartões de embarque e despachar as bagagens, procedimento de não durou mais do que 10 minutos.
O atendente, muito educado, nos atendeu muito bem e nos informou que as bagagens seguiriam direto para o destino.

Nota 9





Embarcamos no terminal 1 - Portão 10.
Pelo horário do voo, a 1h25 da madrugada, o terminal já estava bastante tranquilo, com poucos passageiros nos check-ins ou circulando por ele.
Nos dirigimos ao nosso portão e aguardamos pelo início da chamada para embarque.
A chamada para o embarque começou pelos passageiros da executiva, prioridades e pelos passageiros das fileiras do fundo para a frente, como estávamos nos primeiros assentos da econômica, fomos praticamente os últimos a embarcar.







Nosso voo foi feito pelo Airbus A330, um widebody com 252 lugares, divididos em duas classes:
Classe executiva: 30 lugares
Classe econômica: 222 lugares

Airbus A330-240
Serial Number: 1073
Matrícula: N973AV
Primeiro voo: 18/11/2009
Entregue à Avianca: 08/12/2009
Avião relativamente novo, com apenas 4 anos e meio de vida.

Mapa de assentos do A330 da Avianca:








Nos acomodamos nos primeiros assentos da econômica, janela e corredor, lado esquerdo do avião.
Nos assentos havia uma manta e um travesseiro.
A primeira fileira de assentos tem seus pontos positivos e negativos, conforme abaixo:
Positivos:
Maior espaço para as pernas
Primeiros a serem servidos durante o serviço de bordo.
Rapidez no desembarque

Negativos:
Apesar de maior espaço para as pernas, não há lugar para apoiá-las, o que gera um certo incomodo em voos mais longos.
Os monitores são rebatíveis, ficando embutidos no próprio assento, o que não permite assistir nada durante o período de taxi e decolagem.
As mesinhas também ficam fixadas nos assentos e são menores que as demais.
Como os toillets dianteiros são disponibilizados apenas para os passageiros da executiva, é preciso atravessar todo o avião para acessar os toillets da econômica, na parte traseira do avião.







As opções de entretenimento na classe econômica eram a revista de bordo, com boas reportagens, e os monitores individuais, com filmes, seriados, músicas, jogos e o mapa de voo.
O problema é que tanto os filmes quando os seriados eram em pouquíssima variedade e com títulos um tanto quanto ultrapassados, como por exemplo "Robocop" e "O diabo veste prada".
Para as crianças, jogos como xadrez, futebol e alguns da Disney.

Ponto negativo: Todos os filmes eram velhos e ultrapassados.
Pouca opção de filmes e séries em português.

* Há também serviço de freeshop a bordo, com catálogos disponíveis nas bolsas dos assentos.











O voo partiu a 1h25 da manhã, talvez por isso, serviram apenas um saquinho com uma espécie de torradinhas e bebida.
Ao amanhecer, foi servida a refeição, pedi tortillas.
Veio acompanhada de uma salada com tomate e grãos de milho, um pãozinho com margarina e geleia de goiaba, um bolinho de laranja e uma salada de frutas de sobremesa.
Pra beber escolhi suco de laranja.

Por ser classe econômica e pelos dias atuais, nota 8,5, poderia ter mais uma rodada de bebidas.








O voo foi tranquilo, com um pouco de turbulência em alguns momentos, mas nada fora do comum.
Desembarcamos em Bogotá, por volta de 5h35, horário local (7h35 no horário de Brasília).

Chegando em Bogotá
O avião que nos levou de GRU a BOG no finger 





Ao desembarcarmos, demos uma parada na casa de câmbio que há dentro do desembarque para trocarmos Reais por Pesos, visto que, para entrar em San Andrés, há a necessidade de se pagar uma taxa de cerca de 48 mil pesos colombianos, por volta de 64 reais, por pessoa.



Vista externa do setor de embarque de Bogotá 


A passagem pela imigração foi rápida e tranquila, passaportes carimbados e fomos para o terminal, onde teríamos que ficar por longas 6 horas, aguardando nosso voo para San Andrés.

O saguão principal do aeroporto de Bogotá - El Dorado é simples e bem cheio, há um setor com novos check-ins, bastante bonitos, mas, pela aglomeração de pessoas no saguão, dá a sensação de bagunça e desorganização.

Novos check-ins de BOG


O ponto positivo fica para as duas pistas, que estão localizadas em lados opostos do terminal, permitindo operações simultâneas.

O embarque doméstico fica no final de um corredor onde há algumas lojas e prestadores de serviços, por lá, poucos assentos disponíveis para quem pretende aguardar pelo seu embarque na área comum do aeroporto.

Depois de boas horas de espera, algumas voltas pelo terminal e alguns momentos de spotter do lado externo do aeroporto, seguimos para o embarque.
Passamos pelo raio-x e fomos em direção ao nosso portão de embarque, onde aguardamos pelo nosso avião, que ainda não estava em solo.
Após pousar, ainda aguardamos por cerca de 40 minutos até que o embarque fosse iniciado.

O saguão de embarque doméstico ocupa o pier esquerdo, por lá há umas poucas lanchonetes, pontos para carregar o celular (tanto com tomadas comuns quanto para quem utiliza o cabo usb), e uma grande quantidade de portões de embarque.
Nosso embarque se deu pelo portão 86.

Vista externa do setor de embarque domestico do "El Dorado" 





Empresa: Avianca Colômbia
Trecho: Bogotá/San Andrés
Voo: AV9778
Equipamento: Airbus A320
Matrícula: N446AV
Classe: Y
Data: Jun/ 2014




Nosso voo estava previsto para às 11h30 da manhã, horário local (2 horas a menos que o horário de Brasília).
O avião encostou no finger às 10h59 e só embarcamos por volta das 11h40.
O embarque se deu pelo portão 86 e, como nos demais voos da Avianca, primeiro os passageiros da executiva e prioridades, depois os passageiros das últimas fileiras da economica, segundo por grupos até chegar aos passageiros das primeiras fileiras da economica.
Como estavamos na fileira 11, fomos novamente os últimos a embarcar.










O avião que nos levou de Bogotá a San Andrés foi feito pelo Airbus A320, um avião com 150 lugares, divididos em duas classes:
Classe executiva: 12 lugares
Classe econômica: 138 lugares

Airbus A320-240
Serial Number: 4046
Matrícula: N446AV
Entregue à Avianca: 02/10/2009
Avião relativamente novo, com apenas quatro anos e sete meses de vida.

Mapa de assentos do A320 da Avianca:





Nos acomodamos em nossos assentos e o avião ainda levou mais uns 10 a 15 minutos até iniciar o push.
O avião estava bastante cheio, acredito que com uma ocupação em torno de 90%.
O espaço entre as poltronas não era dos melhores, ao contrário do voo anterior, o A320 era relativamente apertado e desconfortável.





Assim como no primeiro voo, haviam monitores individuais, e a programação era exatamente a mesma do voo anterior.






Poucos minutos após decolarmos de Bogotá, deram início ao serviço de bordo que, para um voo de 2h10, deixou bastante a desejar.
Foi servido apenas um sanduíche frio de pão com presunto e queijo, e pra beber, suco ou refrigerante.
Desta vez optei pela Coca-cola.



O tempo estava bastante fechado, o que fez com que o voo passasse por algumas áreas de turbulência. 
Mas, de modo geral, o voo foi bastante tranquilo.


Decolando de Bogotá - aeroporto El Dorado - para San Andrés 


Depois de uma interessante aproximação sobre o mar, com o tempo bastante fechado, pousamos no aeroporto Gustavo Rojas Pinilla, na belíssima ilha de San Andrés.
Logo após o desembarque, seguimos para uma fila onde são verificados os comprovantes de pagamento da taxa de acesso à ilha. Haviam apenas 3 pessoas atendendo, o que fez com que a fila demorasse uns 20 minutos.
Durante a verificação, o passaporte é novamente carimbado e, após o ok por parte do funcionário do aeroporto, seguimos para recuperar nossas bagagens.
Após pegarmos as malas, seguimos para uma enorme fila pois todas as bagagens são passadas pelo raio-x, e os passageiros são revistados por agentes da polícia local.
Depois de todos estes procedimentos, saímos do pequeno aeroporto e pegamos um taxi até nosso hotel, na região central de San Andrés, a poucas quadras do aeroporto.
Em poucos minutos estávamos no hotel, e o valor cobrado pela corrida foi de 11 mil pesos, cerca de 14,50 reais.

Pousando na ilha de San Andrés
https://www.youtube.com/watch?v=Cg9ybpdhixI

Nosso avião acoplado num dos quatro fingers do aeroporto de San Andrés
Desembarque
Esteiras de bagagens - San Andrés 
Fila para passar no raio-x de saída 


Conclusão: A Avianca alternou bom produto, com um bom espaço entre os assentos e um bom serviço de bordo com um avião apertado e com um serviço de bordo extremamente fraco, ainda mais para um voo com mais de 2 horas. A Avianca Brasil oferece um serviço de bordo melhor, para voos mais curtos.
Os voos cumpriram seus horários dentro de uma pontualidade aceitável e, na conexão, apresentou um bom apoio em solo.
Ambos aviões possuíam monitores individuais, mas o produto oferecido, com filmes antigos e alguns poucos seriados, era bastante limitado e ultrapassado.
Poderia implantar seu plano de milhagem na Avianca Brasil, o que certamente tornaria um atrativo a mais aos passageiros que se utilizam da Avianca Brasil em suas conexões com a Avianca Colômbia.

Resultado final: Nota 7



Um comentário:

  1. Gostei muito da sua pagina. Fotos simples que detalham e ambientes que despertam curiosidade. Parabens!

    ResponderExcluir