São Paulo adquire helicóptero Agusta AW 109 Grand New

   Imagem ilustrativa


A Fundação Florestal do Estado de São Paulo, mediante empréstimo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), abriu a licitação internacional para a Aquisição de Aeronave tipo Helicóptero Biturbina, categoria leve com capacidade de transporte de 02 (dois) pilotos, em duplo comando e 06 (seis) passageiros, com o prazo de entrega de 365 dias da emissão da Ordem de Fornecimento.

A seção de abertura dos envelopes proposta aconteceu as 09:00h do dia 22 de Outubro de 2013. Estiveram presentes representantes das empresas Bell Helicopter Textron Inc. (representados pela TAM Aviação Executiva), AgustaWestland e Helibras. O helicóptero AW 109 Grand New (AW109SP) foi o vencedor do certame com o preço de € 5.818.800,00, equivalente a R$ 17.298.710,52.

A empresa Helibras ficou em segundo com o helicóptero EC135, com o valor de R$ R$ 18.042.226,97 e em terceiro ficou a empresa Bell com o helicóptero Bell 429 com o valor de R$ 20.089.071,25. Nesses preços, além do valor da aeronave, acessórios e equipamentos, estão também os custos de formação de pilotos e mecânicos.

A proposta apresentada pela empresa Bell não foi classificada, tendo em vista que a garantia de manutenção da proposta apresentada possuí um período menor de validade do que o especificado no edital e não é aceitável.
Essa será o primeiro AW 109 Grand New a ser utilizado por uma polícia brasileira. Uma aeronave moderna e deverá ser destinada à fiscalização de áreas de proteção ambiental do Estado de São Paulo.

Esse trabalho é realizado pelo Comando de Policiamento Ambiental da Polícia Militar e a aeronave adquirida deverá ser operada pelo Grupamento de Radiopatrulha Aérea (GRPAe) da PM.

A proposta é que essa aeronave opere no litoral paulista, ficando sediada na Base de Radiopatrulha Aérea da Praia Grande. Ela será utilizada, principalmente, para fiscalizar as áreas de proteção ambiental marinhas, por isso a escolha de uma aeronave biturbina.

Fonte: Piloto Policial

Nenhum comentário:

Postar um comentário