Após 73 anos, família quer retomar área do aeroporto de Guarulhos

Após 73 anos, a família Guinle decidiu ir à Justiça para pedir a devolução da área de 9,7 milhões de metros quadrados onde está localizado o aeroporto de Guarulhos, segundo informações publicadas pelo jornal Valor Econômico nesta quarta-feira.

 De acordo com a publicação, a família estipulou uma indenização para manter a continuidade de concessão da área. A ação ameaça a maior concessão de um aeroporto no País, já que Guarulhos foi adquirido por R$ 16,2 bilhões em fevereiro de 2012.





De acordo com o jornal, a União fez um levantamento para a realização de desapropriações em locais próximos ao aeroporto e concluiu que a indenização da área levaria ao pagamento de R$ 5 bilhões aos herdeiros – R$ 1 bilhão para cada um. Segundo o Valor, os cinco herdeiros da família Guinle decidiram entrar com a notificação na Justiça depois da realização do leilão do aeroporto à inciativa privada.

Eles alegam que a União feriu os termos de doação pública que a família fez ao conceder a área do aeroporto a empresas comerciais. A fazenda Cumbica foi doada em novembro de 1940. Após ser notificada, a União terá de decidir se pagará a indenização aos herdeiros, se quer rediscutir os valores ou se o entendimento do governo federal é o de que nada é devido aos Guinle.

Fonte: Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário